Lojas Físicas versus E-commerce: Como recuperar os clientes da web? - Blogs e Colunas - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Por: Economia & Negócios
Visualizações: 766

Lojas Físicas versus E-commerce: Como recuperar os clientes da web?

Geral - Negócios - Tecnologia - 02/10/2019

 

Um cliente entra em uma loja (física), tira o celular do bolso e começa a comparar os preços com os de lojas virtual para, depois, sair e comprar em um e-commerce (pela internet). É muito provável que você, lojista, já tenha vivenciado uma situação assim. Como você se sente em relação a isso? Acha a comparação desleal? Sente-se traído pelo cliente?

 

Pois bem, uma triste notícia pra você: é bom ir se acostumando com isso, pois essa é a realidade da nova era do consumo digital.Essa nova realidade, então, exige que você repense seu posicionamento e formas de como se relacionar com seus clientes.

 

Uma boa e bonita vitrine é o primeiro passo.  O poeta Edgar Allan Poe disse certa vez que “Os olhos são a janela da alma”. Se a sua loja fosse uma pessoa, sua vitrine exercia o papel dos olhos. Afinal é por meio dela que sua marca mostra sua essência, que os clientes podem ter uma ideia do que irão encontrar dentro do estabelecimento, pela qual é que os potenciais consumidores que estão passando na rua são atraídos. Ela é, sem dúvida, a janela da “alma” do seu negócio.Pois para segurar o cliente e vender, precisa primeiro fazê-lo entrar em sua loja e aí sim usar a melhor estratégia de venda.  Pode ser igualando os preços dos concorrentes virtuais no primeiro momento, ganhando menos mas segurando o cliente e com isso fazendo voltar a comprar em sua loja.

 

Com essa tática pode estar ganhando em venda por escala.

 

Outro ponto primordial é fazer o pós venda, ligar, contatar o cliente para sentir como foi uso do produto, se está satisfeito e assim por diante. Coisas que vendas on-line não tem.  Você precisa ser diferente e inovar. Aparentemente, acredita-se que o preço é o motivo das compras online. Mas talvez haja outras hipóteses. Talvez a indisponibilidade dos produtos possa ser um problema, a pouca variedade também pode ser outro empecilho ou ainda algum aspecto da experiência da compra.

 

Portanto você precisa inovar e estudar seus clientes, para se manter forte e competitivo no mercado presencial. Claro que o bom trato e atendimento é fundamental. Conhecer do produto, espírito de liderança, paixão, força de vontade, motivação, proatividade e muito estudo dos produtos e serviços de sua área são indispensáveis para o aumento do volume de vendas.

 

Boas vendas e sucesso.

 

ALEXANDRE TONINI - Graduado em Economia e com MBA em Gestão de Projetos

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Economia & Negócios
ALEXANDRE TONINI - Graduado em Economia e com MBA em Gestão de Projetos e Programas. Consultor SEBRAE, Ex-Analista Bancário, com experiência administrativa em setor público e privado.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.

Blogueiros & Colunistas

Ver todos os posts

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar