Quem será? - Blogs e Colunas - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Por: Cobras e Lagartos
Visualizações: 3239

Quem será?

Política - 16/06/2015

É dada a largada para os possíveis nomes de candidatos a prefeito de Xanxerê. Especulações começam a se concretizar, ou ao menos dão o tom de como devem ser as disputas. Com a saída do vereador Adenilso Biasus, da coordenação do PMDB, para se dedicar mais ao pleito no próximo ano, já se cogita possíveis chapas. Entre elas, a mais tradicional e há um bom tempo não vista por aqui – a chapa pura. Já imaginaram Adenilso Biasus para prefeito e Cristiano Toffolo para vice? Pois é, tem muita gente que já. Sangue novo, muitas ideias, tempo e inteligência, mais muita articulação, é o que não falta. Por outro viés tem a dupla, meio que esperada, ou talvez a mais próxima do que se especula – para prefeito Ivan Marques e vice Wilson Martins dos Santos. Alto escalão dos partidos PSD e PSDB, a tal união perfeita que muitas siglas buscam. Ivan é nome forte do partido, já Wilson não se sabe se vai se contentar apenas com o cargo de vice. Veremos! Bom, e ainda podemos ter Adriano De Martini (PT) e Fernando Callfass (PSDB), que talvez pudesse mudar de partido mais além, a fim de disputar o pleito. Todos nomes fortes e com um boa história política na cidade. Novos nomes, que saem um pouco do senso comum ao qual estávamos mais acostumados, em que tradicionais sobrenomes estavam sempre na majoritária.

Epidemia?!
Dizem por aí que a onda de “prefeito pestiado” deve seguir por um bom tempo. É que o ano não anda nada bom, economia mais parada que burro empacado, recursos que não vem, obras que não saem e contas que não fecham, aliadas a dor de cotovelo da oposição e mais todos os do contra que puder existir. A dor de cabeça política está virando uma epidemia e pode fazer com que muitos prefeitos e vices nunca mais pensem em disputar o pleito. Também deve ser muito frustrante, tentar e tentar e no fim só ser notado os erros, aquilo que não ficou bem-feito, mas é o velho ditado – se está na chuva é para se molhar.

Associação Cultural Feliz Natal
A fim de reparar o erro, porque jornalista também esquece de tomar o antidepressivo, vale deixar aqui registrado o belíssimo encontro de corais que aconteceu no fim de semana em Xanxerê, promovido pela Associação Cultura Feliz Natal, através da presidente Catarina Spessatto, o qual reuniu 19 corais da região em apresentações emocionantes na Igreja Senhor Bom Jesus. Tradição que perdura os tempos e vai conquistando cada vez mais admiradores.

Praça Sensorial
Informações sobre a Praça Sensorial, que deverá ser construída em terreno no Bairro Tonial, pelo Seai e Crea, deve ter novidades nesta semana, ao menos é o que garante um dos coordenadores Edilson Palavro. A reunião que era para acontecer há duas semanas, ainda não foi possível, mas até sexta-feira (19), desta semana, Palavro repassará como está o andamento do projeto e captação de recursos para o uso de terreno doado pela Prefeitura, ainda no mandato de Bruno Bortoluzzi, à entidade.

Tênis de mesa é ouro
Os mesa-tenistas fizeram bonito na Etapa da Liga Oeste de Tênis de Mesa, realizada no fim de semana em São Miguel do Oeste. Com investimentos próprios em rede, raquetes, bolas e transporte para o local das disputas, o ouro veio para Xanxerê. Do poder público só conseguiram as mesas e um local para treinar – Centro Comunitário do Bairro Colatto. Em contrapartida, os atletas dão aulas gratuitas para crianças que queiram praticar o esporte.

Fator previdenciário
Para evitar um rombo ainda maior na Previdência, a presidente Dilma Rousseff deve apresentar uma proposta para substituir a chamada “fórmula 85/95”, que muda o fator previdenciário e que foi aprovada no Congresso Nacional. Essa fórmula – que precisa ser aprovada ou vetada pela presidente até amanhã (17) – beneficia o contribuinte que começa a trabalhar mais cedo, mas ajuda a aumentar o déficit nas contas do governo.
Pela nova fórmula, para ter direito à aposentadoria integral, a soma do tempo de contribuição e da idade deve ser maior ou igual a 95 para os homens e a 85 para as mulheres. Assim, um homem de 60 anos que contribuiu por 35 poderia pedir a aposentadoria integral sem cair no cálculo do fator previdenciário e receber o teto, que hoje é de R$ 4.663,75.(fonte: G1)

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.

Blogueiros & Colunistas

Ver todos os posts

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar