SENTAR MATA - Blogs e Colunas - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Por: TREINADORA TÂNIAMBREDA
Visualizações: 415

SENTAR MATA

Comportamento - Entretenimento - Esportes - Estética - Geral - Saúde - 20/08/2020

Imagino que este título soou forte mas...Batendo diariamente na mesma tecla, por muitos anos, todos os dias.

O estilo de vida das pessoas vem mudando com o passar dos anos, de muito ativo, para quase nada ativo.  As pessoas foram projetadas para serem bípedes e, antes da revolução industrial, as pessoas se moviam substancialmente mais durante o dia do que no momento. É importante encorajar soluções para reverter a DOENÇA SENTADA. Ambientes de trabalho, escolas, comunidades e cidades podem ser re-imaginados e reinventados como espaços de caminhada, e assim as pessoas se tornarem mais ativas, mais felizes, vidas mais saudáveis e produtivas.

Os seres humanos passaram por etapas evolutivas para chegar ao estado bípede, evoluiu para ser ereto, ter duas pernas, ser ambulante, tudo se explorava a pé. Há milhares de anos, viver era dinâmico. Compare perseguir a caça em um penhasco com a escolha de um pacote de carne no supermercado, imagine uma lança versus a engenharia de um ataque cibernético. Antes da evolução industrial há 200 anos, 90% da população mundial vivia na agricultura comunidades onde abrigo, nutrição e reprodução exigiam esforço físico.

De 1760 em diante, a revolução industrial, urbanização, mudanças demográficas. Os ambientes promovem o sedentarismo de muitas maneiras e em vários níveis sociais. Em um nível individual, uma pessoa é confrontada com pistas ambientais para se sentar ao longo do dia, por exemplo, bancos drive-through. As casas modernas contêm muitas ferramentas de conveniência, cada uma diminuindo a termogênese da atividade sem exercício. Comunidades encorajam habitantes para serem sedentários.

Um estudo de Levine (2016), relata que sentar excessivamente contribui para inúmeras doenças crônicas, como obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e vários tipos de câncer. Mecanismos fisiológicos e moleculares podem explicar essas associações. A boa notícia é que as pessoas podem se adaptar, se os locais de trabalho, escolas e paisagens urbanas pudessem ser projetados para promover atividade, a nova postura padrão pode ser para cima e em movimento.  A ciência sentada e as soluções para o sedentarismo estão em sua infância. A investigação científica é importante compreender a causalidade e consequência de sentar e validar abordagens para reverter o sedentarismo. A maldição da sessão letal deve ser revertida.

O sedentarismo é um problema transdisciplinar que fere muitas pessoas e, portanto, requer uma resposta transdisciplinar. Empresários, formuladores de políticas, profissionais de saúde, professores, industriais, advogados, líderes empresariais, cientistas, prestadores de cuidados de saúde e outros os líderes precisarão se levantar, deixar o conforto de suas especialidades e conseguir mudanças em união. Os indivíduos também devem permanecer unidos. Em última análise, os indivíduos são consumidores, controle escolas e conselhos de empresas, trabalhar, frequentar centros educacionais, comprar ações e decidir eleições. O desafio do sedentarismo é tão social quanto pessoal. A era agora é Homo sedentarius.            

MEXA-SE COM QUALIDADE.


Referências

LEVINE, James A. Sick Of Sitting. Published in final edited form as: Diabetologia. 2015 August; available in PMC 2016 August 01. 58(8): 1751–1758. doi:10.1007/s00125-015-3624-6.

ATÉ A PRÓXIMA

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Tania Mara Breda
Profissional de Educação Física. Personal Trainer. Especialista em Biomecânica e Cinesiologia. Especialista em Reprogramação Postural, Musculação e Alongamento. Acadêmica de Nutrição Palestrante e Consultora on-line. www.instagram.com/taniamarabreda

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.

Blogueiros & Colunistas

Ver todos os posts

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar