WhatsApp
49 9 9964.1833
BR-282, Comunidade, Trânsito - 16 Mai 2017 10:00

Acidentes trágicos na curva da BR-282 fazem vereador procurar o Dnit, em Brasília

Por: Aline Tonello
Visualizações: 2070
Acidentes trágicos na curva da BR-282 fazem vereador procurar o Dnit, em Brasília Caminhoneiro não sobreviveu ao acidente no último domingo (14) (Foto: Aline Tonello/Tudo Sobre Xanxerê)

Um dos assuntos debatidos pelos legisladores na sessão da Câmara da segunda-feira (15) foi a urgência com que um redutor de velocidade precisa ser instalado na curva sob o viaduto que fica na BR-282, no perímetro urbano de Xanxerê. A discussão veio à tona novamente depois do acidente que ocorreu no local no último domingo (14), onde um caminhão carregado de ração tombou e o motorista não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no hospital.

Segundo levantamento da equipe do TUDOSOBREXANXERE.com.br, de 2013 para cá foram mais de 15 acidentes naquela curva envolvendo automóveis e veículos de carga, muitos deles com vítimas fatais. Em maio do ano passado o Dnit de Santa Catarina havia confirmado ao presidente do legislativo xanxerense na época, Wilson Martins dos Santos, que seria providenciada a instalação de uma lombada eletrônica nesse trecho crítico. O prazo era de que em, no máximo 60 dias, o redutor de velocidade seria instalado, o que não aconteceu.

Relembre a matéria:
- Dnit/SC deve instalar lombada eletrônica em trecho da BR-282

Em julho novamente o Dnit foi cobrado por lideranças xanxerenses, dessa vez em Brasília, e o chefe de gabinete do Diretor Geral, Flávio Bazzano Franco, garantiu aos vereadores que o município seria contemplado no novo pregão de nº 168/2016, com a instalação de vários controladores de velocidades. Na época ele afirmou que o pregão já estava em fase final e deveria ser concluído em breve para que o contrato fosse assinado e os controladores fossem instalados, o que novamente não aconteceu.

Relembre a matéria:
- Vereadores reforçam pedido de lombada eletrônica para trecho da 282

Legisladores, executivo e a comunidade nunca deixaram de cobrar uma providência por parte do órgão responsável, inclusive empresários até ameaçaram fechar a rodovia como forma de protesto ao descaso. Depois do acidente com vítima fatal no último fim de semana, novamente o assunto foi retomado na Câmara de Vereadores. Ao utilizar a tribuna, o vereador Vilson Piccoli (PMDB) lamentou como algo tão necessário para evitar a perda de vidas está demorando tanto para ser providenciado.

- Vejam a quantidade de perda material, da mureta do trecho que ninguém conserta e fica ruim para a imagem da cidade, mas principalmente da perda de vidas, o que é imensurável.  Mas nos comprometemos com essa causa da comunidade e vamos atrás do Dnit para resolver essa situação – afirmou Piccoli.

O vereador Lenoir Tiecher (PT) citou a grande quantidade de acidentes que vem ocorrendo ao longo dos anos e sugeriu que fosse feita uma moção de apelo para que o Dnit dê uma resposta dentro de um prazo e se, caso isso não ocorrer, sugeriu que se tomem medidas mais drásticas. Já Arnaldo Lovatel (PP) destacou que o momento é de reunir forças novamente e buscar com que a instalação de um redutor de velocidade se torne realidade. Ricardo Lira da Costa (PSD) comentou que a inclinação da curva é um perigo por si só, e que a forma como os trevos nas entradas do município foram feitos também propicia a ocorrência de acidentes.

Ao final da discussão, uma moção de apelo foi redigida em nome de todos os legisladores pedindo que o Dnit e as autoridades competentes resolvam a situação com extrema urgência. O documento será entregue pelo vereador Vilson Piccoli ao Dnit de Brasília, juntamente com registros de todos os acidentes que ocorreram no local. A viagem será realizada de 23 a 25 de maio e a audiência com o órgão já está agendada.

- Nós queremos tentar sensibilizar o Dnit para que tome uma providência o mais rápido possível porque essa situação é insustentável – finaliza Piccoli.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar