BR-282 é a rodovia federal de SC que mais registrou mortes em 2018 - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Polícia - 18 Jan 2019 14:05

BR-282 é a rodovia federal de SC que mais registrou mortes em 2018

Por: Francieli Corrêa
Visualizações: 614
BR-282 é a rodovia federal de SC que mais registrou mortes em 2018 Colisão na BR-282 em Bom Retiro mata duas pessoas, em novembro de 2018. Entre as vítimas um xanxerense (Foto: Corpo de Bombeiros de Lages)

Em Santa Catarina, a BR-282 foi a rodovia federal que mais registrou mortes nos locais dos acidentes, em 2018, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao todo, 107 pessoas perderam a vida em algum trecho da estrada que liga o Oeste de Santa Catarina à Grande Florianópolis. No total foram registrados 1.516 acidentes na rodovia, 339 vítimas ficaram gravemente feridas e outras 1.293 tiveram ferimentos leves. 

No entanto, a rodovia que registrou o maior número de acidentes foi a BR-101, rodovia do litoral catarinense, onde foram registrados 4.003 acidentes, nos quais 106 pessoas morreram, 731 ficaram gravemente feridas e 3.390 tiveram ferimentos leves.

A terceira rodovia com maior número de mortes em ocorrências atendidas pela PRF de Santa Catarina é a BR-470, com 97 mortes; seguida da BR -280, com 33; da BR-116, com 27; das BRs-163 e BR-153, com seis; BR-158, com quatro; e da BR-480, que registrou uma morte no momento do atendimento da ocorrência.

No total, em 2018, a PRF registou 8.478 acidentes, nos quais 9.240 pessoas ficaram feridas e 387 perderam a vida no local da ocorrência, nas rodovias federais do estado, de acordo com o Sistema de Informações Gerenciais da PRF.

Segundo menor número de mortes em 23 anos
De acordo com a PRF, esse é o segundo menor número de mortes em 23 anos de levantamento em rodovias federais no estado. Comparando os números de 2018 com o ano anterior, é possível verificar uma diminuição de 20,5% no total de acidentes e 5,3% no número de feridos.  O número de vítimas fatais aumentou em 1,6%, ficando muito próximo à estabilidade, mesmo diante do aumento da frota de veículos em circulação, tanto estadual quanto nacional, segundo o Detran/SC e o Denatran.

Desde julho de 2015 as ocorrências sem vítimas e com apenas pequenos danos materiais também podem ser registradas pelo próprio usuário por meio da internet (Declaração de Acidente de Trânsito Eletrônica – EDAT). Estas declarações não entram na totalização apresentada no balanço.

*Com informações da Polícia Rodoviária Federal


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar