WhatsApp
49 9 9964.1833
Comunidade, Geral, Social - 13 Jun 2018 11:22

Cerca de 60% dos eleitores da região de Xanxerê já fez o cadastro biométrico

Por: Aline Tonello
Visualizações: 191
Cerca de 60% dos eleitores da região de Xanxerê já fez o cadastro biométrico (Foto: Arquivo/Tudo Sobre Xanxerê)

O cadastramento biométrico na 43ª Zona Eleitoral, que abrange Xanxerê, Faxinal dos Guedes e Bom Jesus, iniciou no dia 23 de maio de 2017. Até 9 de maio deste ano - último dia em que o processo foi realizado antes de ser suspenso para que sejam encaminhados outros procedimentos referentes às Eleições 2018 - 58,62% do eleitorado havia realizado a biometria. São 26.645 eleitores dos três municípios que poderão se identificar biometricamente na hora de votar.

Atualmente, são 45.449 eleitores na 43ª Zona Eleitoral com cadastros ativos e regularizados, aptos a votar nas próximas eleições. A região de Xanxerê ainda não passou pela revisão de eleitorado – período em que o cadastramento biométrico será obrigatório e os eleitores que não fizerem poderão ter o título eleitoral cancelado. A previsão é de que isso ocorra aqui após as Eleições 2018. Para o chefe do Cartório Eleitoral de Xanxerê, Clóvis Menegazzo Rodrigues, a obrigatoriedade não será problema.

- O índice esperado é que 80% do eleitorado tenha o cadastramento biométrico após a revisão do eleitorado, e na 43ª Zona Eleitoral já atingimos cerca de 60%, um percentual muito bom. No estado tem locais já 100% biometrizados porque já tiveram revisão de eleitorado, mas tem zonas eleitorais com um índice baixo, o que não é o nosso caso. Elogiamos o eleitorado da zona eleitoral de Xanxerê que compareceu maciçamente, atendeu ao chamado, vieram e fizeram. A gente critica o mau costume dos brasileiros de deixar para última hora, mas aqui não foi assim. Em menos de um ano temos um índice excelente – afirma Clóvis.

Quem não conseguiu fazer o cadastramento biométrico nessa primeira etapa pode ficar tranquilo. O procedimento será retomado logo após as Eleições 2018, possivelmente em novembro, sem qualquer prejuízo para o eleitor ou mesmo para o exercício de seu voto no pleito. Apenas não poderão votar neste ano as pessoas que não fizeram o primeiro título, transferências ou regularizações até 9 de maio.

Novidade
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) celebrou um convênio com a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP/SC) e com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/SC) para uma troca de dados entre os três órgãos a fim de regularizar a biometria de mais catarinenses para as Eleições 2018.

- Recebemos recentemente essa informação.  O objetivo é utilizar o cadastro desses órgãos, a biometria, para que a gente possa então, com base numa cessão mutua, ampliar esse percentual de biometria. Ontem conversei com a coordenadora de eleições do Tribunal e ela disse que, depois que isso for implementado, porque está no TSE para análise, a expectativa é que Santa Catarina fique num índice entre 60 e 80% do eleitorado biometrizado para essas eleições – destaca Clóvis.

O TSE ainda não informou como vai divulgar quais cadastros que não fizeram a biometria nos cartórios eleitorais de SC mas que tem cadastro na SSP e no Detran estarão aptos a usar a biometria nas Eleições 2018. Assim que colocado em prática, o funcionamento do processo será divulgado pelo Tribunal.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar