WhatsApp
49 9 9964.1833
Bombeiros, Comunidade, Saúde - 16 Mai 2018 07:45

Cinoterapia: pacientes da UTI do hospital de Xanxerê recebem a visita de cães

Por: Direto da Redação
Visualizações: 512
Cinoterapia: pacientes da UTI do hospital de Xanxerê recebem a visita de cães O paciente Maximino Trentin foi um dos que recebeu a visita do cão na UTI (Foto: Divulgação/ HRSP )

A primeira visita de um cão a um paciente hospitalizado aconteceu há quase quatro anos. Desde então, o projeto de cinoterapia foi implantado como uma das atividades que são desenvolvidas semanalmente com os pacientes dos setores clínicos do Hospital Regional São Paulo (HRSP) de Xanxerê. A ação, que tem colocado o sorriso no rosto dos pacientes e despertado a alegria dos profissionais da instituição, agora também é realizada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A instituição é a primeira no Brasil a promover a visita dos cães dentro da unidade. O projeto, realizado em parceria com o Corpo de Bombeiros do município, proporciona o contato com animais dóceis e treinados.

- Nos desafiamos e pensamos na possibilidade de entrar na UTI. Após a aprovação do médico que cuida desta área, começamos a pensar no perfil do cão e nos cuidados de higiene para que o paciente pudesse receber esse animal. A cinoterapia em Santa Catarina foi um projeto piloto e inovador do estado, mas o fato da gente ir para a UTI é algo muito bacana para os pacientes - comenta a assistente social do HRSP Liliane Lavasin.

Diferente dos demais setores clínicos, na UTI a interação acontece através do contato e da conversa com os enfermeiros e com o animal, que é guiado até a sala sobre uma maca.

- É mais uma conversa que se faz com esse paciente, ele conta suas histórias e pode tocar no cão. É uma tentativa de diferenciar os atendimentos na UTI, são momentos de descontração e alegria. A visita acontece quando o médico está conversando com os familiares ou então quando está terminando o horário de visitas - conta a psicóloga do HRSP Eliandra Soliva.

Ainda conforme a psicóloga, a visita busca o aprimoramento da reabilitação e contribui para melhoria da qualidade de vida numa perspectiva interdisciplinar ao paciente, que desenvolve atividades e promove a descontração no ambiente hospitalar.

- Acreditamos que esse momento de interação vai proporcionar o relaxamento e amenizar o stress na internação, porque o paciente ri, conversa, se mobiliza. Tem estudos e pesquisas que apontam o melhoramento de pacientes através de momentos como esse - explica Eliandra.

Cuidados com o cão
Antes de cada visita, o cão é encaminhado ao pet shop onde passa por um processo de higienização. Os animais são acompanhados pelo cinotécnico (bombeiro que atua com o cão) e realizam várias atividades, inclusive relacionadas à fisioterapia, auxiliando os pacientes na reabilitação.

- Todas as atividades que o paciente faz o cão faz também, é muito bacana ver o sorriso no rosto dos pacientes, a interação que eles fazem de jogar a bolinha para o cão ir buscar, tudo isso contribui para o estado físico e emocional do paciente - finaliza a psicóloga.


(Foto: Divulgação/ HRSP)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar