WhatsApp
49 9 9964.1833
Comunidade, Esportes, Eventos - 17 Nov 2017 14:10

Consulado da Chapecoense de Xanxerê pode ser um dos maiores do clube

Por: Aline Tonello
Visualizações: 778
Consulado da Chapecoense de Xanxerê pode ser um dos maiores do clube (Fotos: Cristiane Aline Huff/Folha Regional)

O time da Chapecoense ganhou um reforço na última quarta-feira (14). O décimo segundo consulado foi oficializado, desta vez em Xanxerê, local que segundo o Gerente Comercial da Associação Chapecoense de Futebol Dorlei José Mattei, tem um grupo forte e que promete ser um dos maiores do Clube.
O encontro ocorreu na sede do Olaria, no Bairro Aparecida, onde novos sócios foram orientados quanto às diretrizes e normas do Consulado. Na sequência ocorreu jantar e o evento se completou com um bingo da nova camisa da Chapecoense.

- Essa data é muito importante para Xanxerê, pois é um marco na vida dos sócios da Associação Chapecoense de Futebol, vamos trabalhar forte para que se tenha um dos consulados mais fortes da Chape, pela proximidade, pela historia que a Chape tem com Xanxerê, onde jogou por várias vezes, jogos importantes inclusive, enquanto o estádio estava em reforma – afirma.

Mattei explica que o processo de oficialização em Xanxerê tornou-se uma necessidade, analisando a procura dos torcedores e relação histórica da cidade com o time.

- Em Xanxerê já havia um grupo e com o potencial que tem a cidade e o histórico com a Chapecoense, tornou-se uma necessidade a oficialização. Então realizamos uma primeira reunião para nomear o cônsul provisório que escolheu os integrantes para a primeira diretoria – disse.

A mesa diretora do consulado foi eleita por unanimidade durante a noite, e tem como cônsul Hermogênio Palauro, vice-cônsul Claudismar Fabiane, 1º tesoureiro Sidinei Dalla Gasperina, 2º tesoureiro Paulo Cesar Ferreira da Costa, 1ª secretária Josiane Motter Fabiane e 2º secretário Cassiano Bringhenti.

Segundo Mattei, mais de 20 grupos estão organizados hoje, destes, 12 com Xanxerê, são consulados oficializados. Mas muitas cidades tem apresentado intenção de oficializar, caso de Balneário Camboriú, que segundo o gerente comercial, tem mais de 450 sócios e não tem consulado ainda.

- Estamos atuando em um raio de 120 km, quando conseguirmos atingir bem todas as cidades do Oeste vamos expandir para as demais regiões que já tem intenção de formalizar os consulados. O time hoje da Chape é querido no Brasil e no mundo, se não é o primeiro, é o segundo time do coração de todos.  Recentemente um grupo de Sinop (MT) também nos procurou em visita para montar um consulado lá. Há intenções também de torcedores do Paraguai, então temos vários grupos em diferentes regiões do Brasil, e aos poucos vamos oficializando - comenta Mattei.

Uma personalidade da noite foi o ex-goleiro da Chape e hoje auxiliar técnico responsável pelos times de base, Rodolpho Henrique Alves Correia, que atuou de 2011 a 2013 no clube, participando de momentos importantes da ascensão do time a série A.

- Cheguei em 2011 na Chapecoense, e naquele ano fui eleito o melhor goleiro da competição e conquistamos o título catarinense. Em 2012 conseguimos acesso à série B e, em 2013, a Série A. Mas o principal de tudo, junto com a direção e presidente, foi manter sempre os pés no chão, trabalhando, realizando pagamento em dia e dentro das condições do clube, dar melhor condições aos jogadores e isso foi um fator primordial para a chapecoense estar onde está – conta o ex-goleiro.

No final de 2013, com o término do campeonato catarinense onde atuava pelo Brusque, Rodolpho foi convidado pelo presidente da Chape, Plínio David De Nes Filho, o Maninho, para trabalhar como auxiliar técnico do clube.

- O campeonato encerrou, ele me ligou e vim direto para Chapecó, e ele então disse que eu estava pronto para parar e preparado para assumir outra função. Ele fez o convite, prontamente atendi e hoje estou trabalhando como auxiliar técnico com toda garotada, procurando passar a experiência e fazer um trabalho bacana para cada vez revelar mais talentos e quem sabe futuramente direcionar a clubes através da Chapecoense - conta.

Hermogênio, o cônsul eleito de Xanxerê, será o contato direto com o clube. O grupo eleito auxiliará nas intermediações com a Chape, facilitando a adesão de sócios com envios de documentos, organização de transportes para jogos e eventos do clube. Até o momento o consulado conta com 60 associados, mas o cônsul considera que o número é muito maior, analisando os que se associaram em cidades vizinhas e o número de torcedores locais. (Folha Regional)

casarão


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar