Coronavírus: Entre Rios decreta calamidade pública e paralisa atividades por 10 dias - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
CORONAVÍRUS , Região da AMAI - 01 Jun 2020 14:31

Coronavírus: Entre Rios decreta calamidade pública e paralisa atividades por 10 dias

Por: Francieli Corrêa
Visualizações: 940
Coronavírus: Entre Rios decreta calamidade pública e paralisa atividades por 10 dias Prefeito Jurandi Dell Osbel fala sobre novas medidas de enfrentamento à Covid-19. Foto: rede social

O município de Entre Rios é o terceiro da região Amai com mais casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), ficando atrás apenas de Xanxerê e Xaxim, ambas com população significativamente maior do que a cidade de cerca de 3,2 mil habitantes. Com mais de 90 casos da doença e um óbito já registrado, nesta segunda-feira (1º) Entre Rios decretou situação de calamidade pública e paralisou todos serviços e atividades públicas e privadas não essenciais pelos próximos 10 dias.

Através das redes sociais, o prefeito Jurandi Dell Osbel se pronunciou sobre as novas medidas para tentar conter o coronavírus na cidade. Segundo ele, o município já tomou outras providências, mas não houve participação de toda a população. Desta vez ele pede que todos obedeçam às orientações de isolamento social indicadas pelos órgãos de saúde para conter a propagação do vírus.

- Tinha que tomar uma medida mais drástica, porque outras medidas que tomamos não estavam funcionando direito, então hoje vamos decretar calamidade. Por 10 dias suspendemos todos os trabalhos do município, só fica emergência e plantão. Aqui na Prefeitura fica uma telefonista. Tivemos que tomar essa decisão para parar o crescimento do vírus, porque as outras providências que tomamos uma parte das pessoas não está cumprindo e cada vez aumenta mais - disse o prefeito.

A propagação do vírus no município foi muito rápida. Segundo a secretária municipal de Saúde Sônia Lentz Belém, o primeiro caso foi confirmado no dia 15 de maio e daí em diante a situação só de agravou. De acordo com o último boletim emitido ontem (31), havia 91 casos confirmados, destes apenas oito já haviam se recuperado. Na última semana o município registrou a primeira morte causada pelo vírus.

Ainda de acordo com a secretária, três pacientes estão internados em leitos de hospitais: um idoso, que está na UTI do Hospital Regional São Paulo; uma criança de um ano e outro idoso, que estão internadas na enfermaria do hospital de Xaxim. Todos têm outras comorbidades.

- Os primeiros casos confirmados foram em trabalhadores de indústrias, pessoas mais saudáveis. Mas como não houve o cuidado adequado começou a transmissão e quando vai atingindo as pessoas com comorbidades é quando começa a ir gente para o hospital. Esse que está em Xanxerê é um indígena e já está há uns quatro dias internado na UTI – explicou Sônia.

A secretária destaca ainda que pela proporção de habitantes, Entre Rios é o município mais atingido e o crescimento constante de casos tem preocupado bastante a administração. Ela espera que com esse novo decreto a população comece a se cuidar mais e a situação possa ser controlada.

CLIQUE AQUI e confira o decreto n°52/2020 na íntegra.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar