WhatsApp
49 9 9964.1833
Opinião - 26 Abr 2017 08:02

Deixe-me brincar mamãe!

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 277

O brincar permite à criança elaborar seus conflitos, assumindo importante papel em seu desenvolvimento. A criança que brinca, consegue fazer a distinção da realidade e da imaginação, mas se utiliza deste recurso para representar o que está vivendo de outra maneira.
Freud o pai da Psicanálise, observou que seu neto, na ausência de sua mãe, jogava o carretel para fora de seu berço ao mesmo tempo em que emitia um som “ooooó”. Depois o puxava alegremente de volta para si pelo barbante, emitindo um “dá”. Freud interpretou esses sons emitidos pelo neto como longe/aqui, ou seja, essa brincadeira auxiliava aquela pequena criança aos poucos a compreender e lidar com o fato de que a mãe havia se ausentando, mas que retornaria.

Desta maneira é fundamental que a criança tenha oportunidades de brincar, inclusive que os pais tenham momentos para fazê-lo com seus filhos. Tanto para conseguir auxiliá-los a ter um desenvolvimento emocional saudável quanto para perceber o que está acontecendo com a criança em cada fase da sua vida, visto que é nas brincadeiras que ela reproduz aquilo que apreende do mundo dos adultos, bem como será desta maneira que poderá falar de si, expressando de modo simbólico suas fantasias, seus desejos, seus medos e suas vivências.

Essa capacidade de simbolizar também fornecerá subsídios para que possa lidar com as situações difíceis da adolescência e da vida adulta.



Atendimento a Crianças, Adolescentes, Adultos e Idosos (Psicanálise)
Avaliação Psicológica.
Edifício São Lucas. Rua Coronel Santos Marinho, 190, Centro. Sala 304. Xanxerê-SC.
Planos de Saúde: AGEMED, GEAP, FUPS, BRADESCO E MEDISERVICE


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar