Eleições 2020 em Xanxerê: entrevista com o candidato a prefeito Oscar Martarello (PSDB) - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Eleições 2020, Eleições, Política - 25 Set 2020 13:29

Eleições 2020 em Xanxerê: entrevista com o candidato a prefeito Oscar Martarello (PSDB)

Por: Francieli Corrêa
Visualizações: 1840

Pinte

Nesta sexta-feira (25), o TSX dá sequência à série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Xanxerê. Nessa série, nossos leitores irão conhecer as propostas de cada pretendente ao cargo, bem como o planejamento que ele tem para o crescimento do município, e saber se essas propostas estão entre os seus principais anseios nesta eleição.

As perguntas são as mesmas para todos e a divulgação das entrevistas será por ordem alfabética, dos candidatos que aceitaram responder. A quinta entrevista é com o candidato Oscar Martarello, 54 anos, do PSDB. Martarello é empresário e natural de Xanxerê. Já foi presidente da Associação Empresarial de Xanxerê (Acix) e presidente da ExpoFemi 2020, que não pôde ser realizada devido à pandemia.

(Foto: Arquivo Pessoal) (Foto: Arquivo Pessoal)

TSX: O que o levou a tomar a decisão de aceitar ser o candidato a prefeito pela sua coligação?
Oscar: A decisão aconteceu a partir do momento em que entendi que minha esposa, meus filhos e colaboradores assumiram o compromisso de continuar o que iniciei na minha empresa há 28 anos, e perceber que tenho todas as condições de me colocar à disposição da nossa comunidade, podendo assim retribuir tudo aquilo que Xanxerê já me proporcionou.

TSX: Qual sua história de vida e seu relacionamento com a comunidade de Xanxerê?
Oscar: Nasci em Xanxerê, morei com meus pais na pequena comunidade de Toldo Velho, aos 15 anos retornei para Xanxerê, onde trabalhei por 10 anos como empregado e em 1993 iniciei a vida de empreendedor. No início Metalúrgica Alufer e depois Perfimax. Participei por mais de 10 anos no conselho da Igreja Matriz, membro fundador do projeto Vida Cidadã, colaborador do lar do Idoso, vice-presidente da Associação Empresarial, presidente da Acix por dois anos, vice-presidente da ExpoFemi 2016 e 2018 e presidente da ExpoFemi 2020, que em virtude da pandemia não aconteceu. Membro do Rotary Clube Xanxerê.

TSX: Se for eleito, o senhor será o prefeito de um município que tem atualmente mais de 1.000 funcionários efetivos. Qual a sua opinião sobre os servidores públicos e que tipo de relação pretende ter com eles?
Oscar: Durante toda minha vida sempre tive muita facilidade de lidar com pessoas. Entendo que cada colaborador do município tem suas qualidades e grande importância no serviço à comunidade. Precisamos aumentar a autoestima, valorizar e mostrar a cada servidor a importância de se doar, por mais que em alguns momentos a remuneração não esteja à altura. Com muito respeito e liderança seremos servidores de fato para a nossa querida Xanxerê.

TSX: Uma campanha sempre é considerada de alto custo, ainda mais em municípios onde tem emissora de TV e são obrigatórios os programas eleitorais. Como será o financiamento da sua campanha? Pretende utilizar fundo partidário, aceitar doações, utilizar recursos próprios?
Oscar: Será uma campanha de baixo custo, evitaremos aglomerações, utilizaremos as redes sociais e também muita caminhada, procurando visitar o máximo de pessoas do nosso município. Os recursos ainda não foram definidos pois ainda dependem de detalhes da campanha.

TSX: Se eleito, como será a montagem do seu governo? Como será a sua equipe de trabalho?
Oscar: Vou utilizar o máximo de pessoas com cargos técnicos efetivos. Faremos uma renovação e uma readequação das pessoas buscando extrair o melhor de cada um.

TSX: Se eleito, quais serão suas primeiras atitudes ao assumir o cargo em 1° de janeiro?
Oscar: Uma equipe iniciará um trabalho pensando no longo prazo, pensando em ações concretas e sustentáveis, que proporcionarão um município próspero e futurista. Uma outra equipe fará o trabalho que a população necessita com urgência, nas áreas da saúde, assistência social, educação, esporte cultura e lazer, desenvolvimento econômico. Com eficiência, prestando o melhor serviço para a população, principalmente a população mais carente.

TSX: Vivemos uma pandemia que terá reflexos em todos os setores, ainda por muito tempo, como o senhor pretende lidar com essa situação?
Oscar: O povo xanxerense já provou que sabe vencer os desafios com muita garra e determinação. O reflexo dessa crise será sentido por muitos anos, por isso é importante o investimento e apoio para a retomada econômica, para geração de empregos, sempre, ouvindo as pessoas e os setores técnicos, além de criar oportunidades para os empreendedores.

TSX: Em função da pandemia as aulas estão suspensas desde o mês de março. Qual a sua visão sobre a retomada das aulas presenciais, visto que o assunto divide a opinião da população, atualmente, entre quem é a favor e quem é contra?
Oscar: Entendo que esta decisão deve ser técnica, com as aulas sendo retomadas com muita responsabilidade, tomando todos os devidos cuidados. Se o setor de saúde entender que existe segurança, acredito que podemos iniciar a retomada, desde que não ofereça risco às crianças, professores e suas famílias.

TSX: As atividades econômicas foram afetadas, umas mais outras menos, pela pandemia do coronavírus, em Xanxerê e no mundo todo. Quais as suas propostas no que diz respeito a investimentos, geração de emprego e desenvolvimento econômico?
Oscar: Vamos desburocratizar o setor público fazendo com que o empreendedor volte a investir. Precisamos de uma incubadora para desenvolver novos empreendedores, com muito foco nas pequenas e médias empresas. A sala do empreendedor terá nossa energia para que Xanxerê esteja sempre entre os principais municípios de Santa Catarina.

TSX: O que o senhor sabe sobre a prefeitura de Xanxerê, atualmente. Que dados tem, que informações possuí?  Pensa em fazer readequações, alterar estrutura administrava, criar ou eliminar cargos comissionados?
Oscar: O prefeito acima de tudo tem de ser um líder. Ninguém faz nada sozinho. Meu vice-prefeito, Biasus, será um grande apoiador na tomada de decisões com todo seu conhecimento em administração pública. Será uma combinação perfeita com o meu conhecimento na iniciativa privada. Faremos uma administração compartilhada como nunca antes na história. Vamos implantar uma administração enxuta e técnica, aproveitando assim melhor cada centavo da nossa população.

TSX: O que pode ser feito para colocar a administração municipal no patamar de gestão de uma empresa moderna e eficiente?
Oscar: Vamos introduzir o modelo semelhante ao da iniciativa privada, onde as respostas precisam ser rápidas e eficientes, com um sistema integrado onde possamos avaliar o desempenho de cada servidor, podendo assim, fornecer um trabalho de excelência para a comunidade.

TSX: Que tipo de obras considera que Xanxerê precisa, atualmente? E de onde virão os recursos para as obras e investimentos que o pretende fazer?
Oscar: Precisamos dar uma resposta rápida aos alagamentos que acontecem no centro de nossa cidade, infraestrutura para asfaltamento das ruas de Xanxerê, estradas do interior de qualidade para o escoamento dos nossos produtos, distrito industrial e área de lazer, dentre outros. Com projetos bem elaborados e específicos buscaremos recursos junto ao Governo do Estado e em Brasília, além dos recursos próprios de nosso município. Com uma gestão enxuta e eficaz, faremos sobrar muitos recursos próprios para investimentos.

TSX: Por fim, por que os xanxerenses devem escolher votar e eleger o senhor o próximo prefeito se nesta eleição teremos seis candidatos.  O que o senhor tem para oferecer que os seus adversários não têm?
Oscar: Acredito que Xanxerê espera uma revolução na gestão pública. Melhores serviços, mais ágeis e com menos impostos. Com o meu conhecimento na iniciativa privada e o conhecimento do Biasus na iniciativa pública implantaremos uma gestão compartilhada com foco na eficácia dos trabalhos prestados à população. Levaremos Xanxerê a um patamar de destaque merecido. Um novo momento vai acontecer, porque eu devo gratidão à esta terra. Não sou político, mas sou apaixonado por Xanxerê, e utilizarei toda a minha energia para marcar história no desenvolvimento do nosso município.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

Todos os seis candidatos foram procurados para utilizarem este espaço oferecido pelo TSX, para exporem suas ideias.
• Segunda-feira (21): Adriano De Martini (PT)
• Terça-feira (22): Edson Marció (Podemos)
• Quarta-feira (23): Ezequiel Mello (PTC)
• Quinta-feira (24): Leandro Vigo (PL)
• Sexta-feira (25): Oscar Martarello (PSDB)
• Sábado (26): Wilson Martins dos Santos (PSL)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar