Em tempos de pandemia, chá de fraldas é adaptado e pai vira peça fundamental - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
CORONAVÍRUS , Comunidade - 01 Jun 2020 15:13

Em tempos de pandemia, chá de fraldas é adaptado e pai vira peça fundamental

Por: Joimara S. Camilotti
Visualizações: 4002
Em tempos de pandemia, chá de fraldas é adaptado e pai vira peça fundamental (foto: Arquivo Pessoal)

Se não é tarefa fácil conter os desejos de grávidas de primeira viagem, imaginem em tempos de pandemia, onde muita coisa ficou proibida por acarretar riscos para as futuras mamães. Entre os desejos está o de realizar o tradicional chá de fraldas. Um momento onde a mãe tem contato com familiares e amigas, onde em meio a muita diversão a gestante ganha brindes valiosos nessa fase: fraldas, pomadas, lenços umedecidos e é a peça principal da atração, afinal o bebê ainda está em sua barriga.

Porém, com o decreto da proibição de aglomeração, muitas mulheres acabaram desistindo da ideia tradicional, enquanto outras inovaram e buscaram na internet formas de realizar o chá sem o contato social.
Assim, a xanxerense Silvia Neckler, grávida de sete meses, espera ansiosa pela chegada do Bernardo e vai entrar para a lista das mamães que realizou um chá de fraldas em plena pandemia.

Silvia, que ocupava a presidência do Lar do Idoso e precisou se afastar para cuidar da saúde, aproveitou o tempo para buscar um formato e adaptá-lo a sua realidade, não deixando que a tradição seja descumprida. Desta forma, criou um grupo de Whatsapp chamado “Chá de Fraldas do Bê” e explicou às participantes como será a regra da brincadeira.

- Desde que descobrimos a gravidez, tínhamos a ideia de fazer o chá. Porém, devido a pandemia, e com as orientações de evitar aglomeração, desistimos da ideia.  Há pouco tempo, comecei a pesquisar na internet outras formas de comemoração, afinal é uma data importante. Então, vi uma ideia parecida e resolvi adaptar – comenta.

O formato escolhido é chamado de Chá Rifa, cada participante escolhe um número de 1 a 90. Quem escolher o número ímpar terá que dar um pacote de fraldas tamanho M e uma pomada. Já quem escolher o número par, dará um pacote de fraldas G e lenço umedecido. No mês de julho, Silvia vai sortear, através de uma live no grupo, um brinde de R$ 150,00.

Outro detalhe do formato é a participação do papai. Diferente dos chás normais, onde o pai não tem participação ativa, no Chá do Bê o papai Junior Machado vai ser peça fundamental. Será dele a missão de buscar o presente na casa de cada participante, bem como deixar uma lembrança pela participação.

- Como as gestantes estão classificadas como grupo de risco, precisarei do auxílio do papai, que passará pegar os presentes. Ele ficou animado com a ideia de poder participar ativamente – disse.

Silvia lembra a importância dos cuidados para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, o receio de estar grávida diante deste cenário, mas reforça que é importante buscar realizar o que tem vontade para marcar esta fase da vida da mulher.

(foto: Arquivo Pessoal)

- A minha dica para as mamães que possuem o sonho de realizar o chá de fraldas, é que não desistam. Realizem algumas pesquisas, peçam ajuda para seus companheiros e amigos. A internet tem um importante papel em nos proporcionar ideias criativas, que podemos estar adaptando a nossa realidade – finalizou.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar