Envolvidos em grande esquema de tráfico de drogas são presos em Xanxerê - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Polícia - 09 Jul 2019 10:07

Envolvidos em grande esquema de tráfico de drogas são presos em Xanxerê

Entre os detidos está um homem que é considerado um dos mandantes da organização criminosa
Por: Aline Tonello
Visualizações: 4899
Envolvidos em grande esquema de tráfico de drogas são presos em Xanxerê (Fotos: Tudo Sobre Xanxerê)

No início da manhã desta terça-feira (9) a Polícia Civil deflagrou a sétima etapa da Operação Woodstock Condá na região. Em Xanxerê, três pessoas foram presas por envolvimento no transporte de drogas. Outras duas foram presas por porte ilegal de armas durante o cumprimento dos mandados.

A operação foi desencadeada pela Polícia Civil de Chapecó em parceria com a Delegacia Regional de Xanxerê e a Divisão de Investigação Criminal (DIC) do município. Além do reforço nas equipes que executaram os mandados, o helicóptero da Polícia Civil também acompanhou os trabalhos. Foram apreendidas duas carretas e diversos telefones celulares. Conforme o delegado da DIC de Xanxerê, Vinícius Buratto Iunes, as carretas transportavam drogas de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, região fronteiriça com o Paraguai, e destinavam, principalmente, ao litoral de Santa Catarina, passando por Xanxerê.

- A droga era descarregada mais na região do nosso litoral e em outros estados, não ficava em Xanxerê. As investigações apontam que os caminhões apreendidos transportavam drogas e também funcionavam como batedores para outros caminhões. Nós investigamos em conjunto porque em determinado momento nossa investigação bateu com a de Chapecó e então passamos a trabalhar em equipe – destaca Iunes.

Delegados concederam coletiva de imprensa após a operação em Xanxerê nesta manhã (Foto:Tudo Sobre Xanxerê)Delegados concederam coletiva de imprensa após a operação em Xanxerê nesta manhã (Foto:Tudo Sobre Xanxerê)

A Operação Woodstock, da Polícia Civil de Chapecó, já havia sido realizada em seis fases, contabilizando 32 presos e quase 70 mandados de busca e apreensão cumpridos. Conforme o delegado Rodrigo Moura, que coordena a operação, há oito meses que Chapecó e Xanxerê trabalham em conjunto para identificar indivíduos responsáveis pelo transporte de grandes quantidades de droga.

- No curso das investigações, apenas nesses oito meses, nós conseguimos participar ativamente na apreensão de 11 toneladas de maconha, contabilizado em R$ 11 milhões, além de cocaína e armas de fogo. Isso estava em duas carretas que já gavião sido apreendidas, uma no Mato Grosso do Sul, em dezembro de 2018, e outra em Rancho Queimado, em SC, em maio de 2019. A partir do momento que a gente tinha informação suficiente para possibilitar a apreensão da carreta nós agimos. Os indivíduos que são considerados os principais mandantes e organizadores desse esquema de tráfico de drogas foram presos aqui em Xanxerê hoje – explica Moura.

Ainda de acordo com o delegado de Chapecó, ao todo são seis mandados de prisão direcionados à Xanxerê. Desses, dois homens já haviam sido presos em flagrante em outra fase da operação. Nesta terça (9) foram detidos dois homens e uma mulher, sendo que resta em aberto um mandado de prisão e o alvo é considerado foragido no momento. Segundo a Polícia Civil, os nomes dos envolvidos não podem ser divulgados porque a investigação corre em segredo de justiça. A Operação Woodstock continua trabalhando na investigação para identificar mais pessoas que fazem parte da quadrilha.

Uma das carretas apreendidas em Xanxerê nesta manhã (Foto: Tudo Sobre Xanxerê)Uma das carretas apreendidas em Xanxerê nesta manhã (Foto: Tudo Sobre Xanxerê)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar