WhatsApp
49 9 9964.1833
Bombeiros - 08 Nov 2017 08:10

Falta de efetivo no Corpo de Bombeiros prejudica atendimento à população

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 1571
Falta de efetivo no Corpo de Bombeiros prejudica atendimento à população (Foto: ARQUIVO/Tudo Sobre Xanxerê)

ATUALIZADA às 11h

O atendimento à comunidade xanxerense por parte da guarnição do Corpo de Bombeiros ficará comprometido nesta quarta-feira (8) e quinta-feira (9). Por conta do corte de horas extras dos Bombeiros Civis Profissionais (BCPs) - que são servidores públicos da Prefeitura de Xanxerê - e também pela falta de efetivo de militares, apenas a ambulância do Samu estará fornecendo atendimento. Somente com quatro profissionais dos Bombeiros na escala, o serviço ficará restrito apenas ao combate a incêndios e ao resgate.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, major Walter Parizotto, essa é a primeira vez em 15 anos de corporação que a guarnição fica incompleta, uma vez que os BCPs auxiliam nos trabalhos diariamente, inclusive no atendimento com a ambulância. Normalmente a guarnição é composta por sete profissionais, sendo quatro militares e os demais BCPs.

- Hoje e amanha estaremos com a ambulância baixada por não termos efetivo. Estou com quatro profissionais na escala, um fica na central e o restante no caminhão para combate a incêndios. A escala dos BCPs é diferente da guarnição do estado, e tende a se agravar por conta da Operação Veraneio na qual terei que ceder dois bombeiros para atuar no Litoral. A nossa ambulância vai ficar parada cinco dias por mês e contamos que o Samu faça o atendimento pré-hospitalar. É uma situação triste e a gente não vê uma expectativa de melhora, pois a situação dos militares deve melhorar somente no final de 2018 com a conclusão do curso – explica o comandante.


Explicação por parte da Prefeitura
Conforme a nota enviada pela assessoria de imprensa da Prefeitura de Xanxerê “a obrigação de manter os atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar é do governo do Estado, porém esbarra na deficiência com a falta de efetivo. Para auxiliar nas demandas e atendimentos diversos, a Prefeitura de Xanxerê cede servidores municipais que atuam como Bombeiros Civis Profissionais (BCPs), os quais não possuem competência para prestar os mesmos serviços que os bombeiros militares efetivos. A responsabilidade de gerir os serviços é exclusivamente do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, através do governo do Estado, não tendo assim o município obrigação, responsabilidade e muito menos competência diante desta situação”.

casarao


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar