WhatsApp
49 9 9964.1833
Opinião - 09 Mai 2017 08:00

Freud ainda explica?

Por: Aline Tonello
Visualizações: 316

Em meio ao cenário atual, em que se condiciona cada vez mais a eficiência à rapidez, é como se a busca pelo bem-estar e a saúde psíquica não pudessem ficar longe dessa regra. Não há tempo para se envolver com o seu mal-estar, buscar as causas do sofrimento, construir novas maneiras de lidar com ele. O objetivo da atualidade não é procurar alternativas para a angústia inerente a todo ser humano, mas sim, comprar o seu antídoto.

Embora muito se diga que Freud (o pai da Psicanálise) explica quase tudo, muitas ainda consideram que aderir a psicoterapia e descobrir o que Freud realmente explica, é um artigo de luxo, demorado e causa sofrimento antes de se chegar a verdadeira melhora.

Porém, quando focamos apenas na medicação, que não deixa de ter seus benefícios, pode ser que os nossos sintomas retornem em uma nova configuração com o passar do tempo, pois a medicação não irá atuar na causa das nossas dores emocionais.

Freud ainda explica isso, pois cada vez mais compreendemos que as mudanças profundas da mente ocorrem com lentidão. Mas entrar em um processo de psicoterapia é a escolha por uma viagem, da qual certamente retornaremos com conhecimentos e sensações que jamais imaginávamos vivenciar.

Atendimento a Crianças, Adolescentes, Adultos e Idosos (Psicanálise)
Avaliação Psicológica
Edifício São Lucas, Rua Coronel Santos Marinho, 190, Centro. Sala 304. Xanxerê-SC.
Planos de Saúde: AGEMED, GEAP, FUPS, BRADESCO E MEDISERVICE


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar