Grupo de Alcoólicos Anônimos de Xanxerê completa 42 anos em 2021 - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Comunidade, Saúde - 12 Jan 2021 18:14

Grupo de Alcoólicos Anônimos de Xanxerê completa 42 anos em 2021

Por: Redação
Visualizações: 242
Grupo de Alcoólicos Anônimos de Xanxerê completa 42 anos em 2021 (Fotos: Francieli Corrêa/Tudo Sobre Xanxerê)

Nesta semana faz 42 anos que o grupo de Alcóolicos Anônimos Reintegração, de Xanxerê, foi fundado. Criado no dia 14 de janeiro de 1979, com o objetivo de ajudar na recuperação de doenças do alcoolismo, o grupo – ou a irmandade, como os membros denominam – continua até então com suas reuniões para compartilhar, entre si, experiências e oferecer apoio a quem deseja se recuperar do alcoolismo.

A história do A.A Reintegração começou com cinco homens que precisavam de ajuda para vencer o alcoolismo e através da oferta desse apoio dado pelo grupo Comunidade, de Chapecó, passaram a frequentar as reuniões naquela cidade, por três meses. Depois disso, eles formaram o grupo de Xanxerê, que chegou a sediar dois encontros estaduais do A.A (em 1980 e 2001), conforme conta Claudecir, um alcoólico em recuperação desde 1988, quando chegou ao A.A Reintegração. Atualmente ele mora em outra cidade.

- Quando cheguei no grupo, ele já estava com nove anos. Durante o tempo que fiquei em Xanxerê, pude participar do apadrinhamento de outros grupos de A.A da região, que levam a mensagem e ajudam diversas pessoas. Quando cheguei no grupo, eu me surpreendi, pois achava que não precisava daquilo. Com o grupo percebi que eu realmente precisava de ajuda naquele momento. Através do grupo, aconteceu uma transformação na minha vida e sei que pode acontecer essa transformação na vida de muitas outras pessoas – conta Claudecir.

Ao longo dessas quatro décadas, muitas pessoas integraram ao A.A. Há membros que fazem parte há poucos anos, assim como quem está há mais de 30 anos. O programa é de total abstinência do álcool, os membros simplesmente evitam o primeiro gole, um dia de cada vez.

Para ser membro não há taxas ou mensalidades, o grupo se mantém apenas com as contribuições dos próprios membros, sem ajuda de fora. Também não existe nenhum vínculo com religiões, seitas, movimento político, organização ou instituição. O único requisito para participar é o desejo de parar de beber.

As reuniões do A.A de Xanxerê ocorrem nas segundas-feiras e sextas-feiras, das 20h às 22h, na sala anexa ao Centro Comunitário da Igreja Matriz. Nas segundas-feiras há também reuniões para familiares de doentes alcóolicos, no mesmo horário, numa sala ao lado do A.A.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

- Convidamos a toda a comunidade xanxerense que venha conhecer o nosso programa de recuperação, através dos 12 Passos. Se o seu problema é beber, o problema é seu. Se o seu problema é parar de beber, nós podemos ajudá-lo – comentam alguns dos integrantes do A.A Reintegração.

Pessoas que acham que têm problemas com sua maneira de beber são bem-vindas para assistir a qualquer reunião do A.A. Elas tornam-se membros ao decidirem que querem ser. Podem ser homens, mulheres, adolescentes, adultos, idosos, de qualquer classe social ou credo. Para participar ou buscar mais informações, as pessoas podem ir até as reuniões ou se informar através do telefone (49) 3323-5968, para saber onde há um grupo mais próximo na região.

Como surgiu A.A no mundo
O A.A começou no mundo em 1935 com um corretor da Bolsa de Valores, de Nova Yotk e um médico-cirurgião de Ohio. Eles fundaram o A.A com o intuito de ajudar outras pessoas que sofriam da doença de alcoolismo a se recuperarem e, também, para se manterem sóbrios. Estima-se que hoje existem aproximadamente 114 mil grupos e mais de 2 milhões de membros em 170 países. No Brasil, são cerca de 6 mil grupos.

Por Sanny Borges e Francieli Corrêa

Publicidade:


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar