WhatsApp
49 9 9964.1833
Comunidade, Eventos, Geral, Religião, Social - 21 Abr 2018 09:52

Igreja Presbiteriana de Xanxerê comemora 111 anos em maio

Por: Aline Tonello
Visualizações: 659
Igreja Presbiteriana de Xanxerê comemora 111 anos em maio Segundo Templo da Igreja Presbiteriana em 1962 (Foto: Divulgação)

A Igreja Presbiteriana de Xanxerê completa no dia 18 de maio 111 anos de fundação. E, para comemorar a data, haverá uma programação especial. No sábado (19) acontece um evento musical, o 3º Louvor e Adoração, a partir das 19h30. Já no domingo (20), às 19h30min haverá um culto festivo. Os mais de cem anos da organização fazem da Igreja Presbiteriana de Xanxerê uma das instituições mais antigas da nossa região.

História no mundo
A Igreja Presbiteriana tem suas raízes na Reforma Protestante de 1517. A reforma na Suíça teve como figura principal o francês, João Calvino (1509-1564) que se instalou em Genebra em 1536. Baseado nos ideais da Reforma Alemã (Só a Escritura, Só a Graça, Só a Fé, Somente Cristo, Glória Somente a Deus) instalou naquela cidade os ideais protestantes.

Calvino fundou em Genebra uma grande universidade e um dos estudantes foi o escocês John Knox (1514-1572), que era padre e, influenciado pelo movimento da reforma, foi estudar em Genebra com Calvino.
Ao regressar à Escócia, Knox, inicia o movimento reformado, chamado “Igreja Escocesa Livre”, movimento que recebe o apelido de “presbiteriano”, pois a maioria dos insurgentes ao catolicismo da época eram padres (presbíteros) que não aceitaram mais a autoridade dos bispos locais. Assim nasce o presbiterianismo.

No Brasil, o primeiro missionário a iniciar um trabalho fixo da Igreja Presbiteriana foi o norte-americano Ashbel Green Simonton (1833-1867). Ashbel chegou ao Brasil no dia 12 de agosto de 1859 e na Capital Imperial iniciou seu trabalho de implantação do protestantismo nas terras tupiniquins. O trabalho iniciado no Rio de Janeiro se expandiu Brasil a fora e chegou também em Santa Catarina e em nossa região.

Em Xanxerê e região
Quando iniciou-se a Colônia Militar de Palmas, por volta de 1884, um posto foi instalado aqui, na atual Xanxerê, e entre os soldados existiam alguns protestantes. Passando por essa região, os missionários norte-americanos, que vinham de Florianópolis e Guarapuava, passaram a dar assistência aos soldados, os missionários Robert Lenington e Georg Birchstoph são figuras importantes da implantação do protestantismo nesta região.

O reverendo Georg Birchstoph encontrou alguns “desbravadores” na região que aderiram ao presbiterianismo, entre eles Francisco Taborda, João Simões Cavalheiro e Campolim Nunes (famílias pioneiras do nosso município), um pequeno número, afinal a maioria da população aqui neste período era composta de indígenas, caboclos e alguns destes desbravadores que vinham de São Paulo e Rio de Janeiro. Em 18 de maio 1907 organiza-se oficialmente o trabalho presbiteriano em Xanxerê, e neste mesmo ano João Simões Cavalheiro adquire o terreno para a construção do Templo da Igreja Presbiteriana.

Com a instalação das Colônias Estrangeiras pelas famílias que vinham fugidas da Primeira e Segunda Guerras Mundiais, o movimento cresceu. Nos anos de 1930-1951 a Igreja Presbiteriana fundou uma escola de ensino infantil (alfabetização e matérias básicas, algo como o nosso ensino fundamental 1) sendo a primeira escola da região aberta com ensino gratuito aos habitantes dessa região.

Neste período a igreja teve a presença dos reverendos Donal Reasoner e Olson Pemberton Jr (ambos norte-americanos), que impulsionaram o trabalho.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar