WhatsApp
49 9 9964.1833
EXPO FEMI - 25 Out 2017 08:51

Inicia comercialização dos espaços para a Expo Femi 2018

Por: Aline Tonello
Visualizações: 841
Inicia comercialização dos espaços para a Expo Femi 2018 (Foto: Arquivo/Tudo Sobre Xanxerê)

Na última semana foi dada a largada para a comercialização dos espaços no Parque de Exposições Rovilho Bortoluzzi para a Expo Femi 2018. A venda está sendo feita pela Associação Empresarial de Xanxerê (Acix), que venceu a licitação. Conforme o presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) da feira, Cristiano Toffolo, a procura é grande e 70% dos espaços já foram comercializados.

Cristiano comemora a boa procura e o trabalho realizado pela ganhadora da licitação.

- A Acix já está vendendo há uma semana e estamos muito satisfeitos porque a procura está sendo muito grande. Alguns pavilhões estão com os espaços praticamente vendidos, 70% já fechado – comenta.

A partir de agora, várias outras licitações estão em andamento, como é o caso da segurança, estacionamento do parque, shows, divisórias e estruturas, e devem ser realizadas ainda esse ano.

- São várias licitações. É um trabalho administrativo nessa parte. Também estamos correndo atrás dos patrocínios, através da Comissão do Patrocínio, buscando empresas da cidade e do estado.  Porque como queremos fazer uma feira autossustentável, a arrecadação tem que ser através das licitações e dos patrocínios, então, por isso, precisa fazer esse levantamento para depois ver os gastos – explica.

Para a organização de todo o trabalho, as reuniões da CCO da Expo Femi 2018 são diárias, quando são tratadas todas as demandas das comissões. Com relação as novidades, o presidente frisa que tudo depende de valores e orçamento.

- Ideias têm muitas, mas precisamos de dinheiro, então estamos cortando muita coisa da feira, reduzindo bem o orçamento para que seja autossustentável – afirma.

Cristiano Toffolo, presidente da CCO da Expo Femi 2018 (Foto: Alessandra Villani/Folha Regional)Cristiano Toffolo, presidente da CCO da Expo Femi 2018 (Foto: Alessandra Villani/Folha Regional)

Shows
Para a próxima edição da festa, Cristiano explica que haverá mudanças para a contratação dos shows, pois o processo será terceirizado.

- A Prefeitura não tem como contratar, então será feita licitação com um hall de shows e a empresa que ganhar apresentará a grade dela. Quanto a consulta popular para saber as preferências do público, será feita se a empresa ganhadora assim definir.  A CCO não terá poder de escolha dos shows – disse.

Estrutura
Há quatro anos sem receber melhorias estruturais, o Parque da Femi possui vários pontos que necessitam de reformas. De acordo com Cristiano, a Prefeitura vai fazer as reformas necessárias e entregar o parque pronto para a feira.

- O prefeito está indo atrás de recursos para isso e algumas melhorias já começaram a ser feitas, como nas partes elétrica e hidráulica – comenta.

Efapi
Na avaliação de Cristiano, a organização da Efapi, de Chapecó, é um bom exemplo a ser seguido.

- Principalmente na questão de segurança, que eles puderam contar com um efetivo grande de policiais. Então, nosso objetivo é economizar com todas as comissões, menos com a segurança, porque queremos fazer um evento seguro – frisa.

Outra ideia aprovada pelo presidente da Expo Femi e inspirada na Efapi, é conseguir oferecer muitos espaços de convivência e descanso na área do parque de exposições.

- Estamos conversando com as comissões de ornamentação e projetos para tentar fazer mais áreas de convivência, dentro do que podemos gastar – finaliza.

(Folha Regional)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar