WhatsApp
49 9 9964.1833
Tornado em Xanxerê, Comunidade - 14 Out 2016 09:23

Instalação de radar no Oeste ocorre após passagem do tornado em Xanxerê

Por: Leticia Faria
Visualizações: 923
Instalação de radar no Oeste ocorre após passagem do tornado em Xanxerê O valor do serviço é de R$ 2. 333.333,33. O prazo de execução é de 180 dias a partir da emissão da Ordem de Serviço (Foto: Assessoria de Imprensa)

O Radar que será instalado em Chapecó é do modelo Banda S. Ele deve cobrir 43% do território do Estado, ou seja, 138 municípios catarinenses. Toda região de Xanxerê passará a ser observada. A vinda do radar para o Oeste ganhou força também depois da passagem do tornado pela cidade, onde causou destruição e até mortes. A contratação da empresa que vai construir a torre do equipamento ocorreu nesta semana.

De acordo com o gerente de Monitoramento e Alerta da Defesa Civil, Frederico Rudorff, a região Oeste e Meio Oeste são as mais expostas a tempestades, granizo, raios e vendavais.

- O Radar ajudará a identificar a formação e intensidade de eventos com antecedência nessa região para a população se preparar e buscar abrigo seguro - diz.

A previsão de operação do equipamento é no final do primeiro semestre de 2017.


Contratação de empresa para construir torre
A instalação do Radar meteorológico no Oeste, em Chapecó, avança mais um passo. A contratação da empresa que vai construir a torre do equipamento ocorreu nessa semana, na ADR de Chapecó. O secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli e o engenheiro da secretaria, Leonel Fernandes e demais atores envolvidos no processo estiveram presentes.

A empresa que irá construir é a Salver Construtora e Incorporadora Ltda. A modalidade de contratação foi do tipo concorrência pelo menor preço. O valor do serviço é de R$ 2. 333.333,33. O prazo de execução é de 180 dias a partir da emissão da Ordem de Serviço.

A torre será construída no loteamento Desbravador, em Chapecó, Oeste de Santa Catarina. A edificação ficará a 800 metros de altitude. Conforme Fernandes, o prédio que vai receber o equipamento contará com 16, 5 metros de altura e cinco pavimentos. Dentro do prédio, haverá salas de informática com os equipamentos de monitoramento. No último andar, ficará o radar. No pátio, haverá espaço para heliponto, estacionamento e o Centro Regional da Defesa Civil.

Para o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli, o radar e a torre e complementam.

- A empresa SELEX ES GmbH (Alemanha) fabrica o equipamento e agora foi feita a contratação da empresa para construir a edificação do aparelho. A etapa só finaliza com a instalação do radar que deve ser ainda no primeiro semestre de 2017 - explica.

O valor do equipamento é de R$ 10 457.240,00. Segundo ele, no final de novembro uma equipe técnica da Defesa Civil vai até a Alemanha para certificar o funcionamento do aparelho e fazer os testes.

- Durante toda essa fase, é feita a construção de todo o sítio onde será instalado o radar e o Centro Regional - diz Moratelli, por meio da assessoria de imprensa.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar