WhatsApp
49 9 9964.1833
Educação - 05 Jan 2018 15:29

Investimento em educação especial em SC é quase o triplo da média nacional

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 273
Investimento em educação especial em SC é quase o triplo da média nacional (Foto: FCEE)

Em 2017, o Governo do Estado de Santa Catarina, através da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) e da Secretaria de Estado da Educação, investiu cerca de R$ 280 milhões em educação especial, atingindo uma média de cerca de R$ 1 mil reais/mês por aluno, muito acima da média nacional de R$ 345, segundo dados do Ministério da Educação (MEC).

As ações da FCEE, como a concessão de 3,9 mil professores para atuação nas 215 instituições especializadas conveniadas, que incluem Apaes e congêneres, beneficiaram cerca de 21 mil pessoas com deficiência em todo o Estado, totalizando um investimento anual de R$ 153 milhões. Também foram repassados cerca de R$ 4,7 milhões em recursos para as instituições que optaram por contratarem diretamente os profissionais.

A capacitação dos profissionais que atuam nos serviços especializados de educação especial disponibilizados nas instituições conveniadas e nas escolas da rede regular de ensino envolveu R$ 158 mil em investimentos, que atingiram, em 2017, cerca de 3,5 mil profissionais de todo o Estado, que participaram de cursos e seminários de forma presencial ou à distância. Já as Assessorias Técnicas presenciais realizadas pela fundação em 2017 com o objetivo de qualificar os serviços beneficiaram 67 escolas da rede estadual de ensino e 58 instituições especializadas em sete Agências Regionais de Desenvolvimento (ADR).

Dentro do campus da FCEE, em São José, foram investidos mais de R$ 3,8 milhões para a realização de 1,1 mil atendimentos diários nas áreas de estimulação essencial, reabilitação, educação profissional, atividade física e saúde, tecnologia assistiva, altas habilidades/superdotação, deficiência auditiva, visual, intelectual, transtorno do espectro autista, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade e envelhecimento da pessoa com deficiência, além da realização de 688 atendimentos em avaliação diagnóstica e concessão de 2.185 benefícios para pessoas com deficiência.

Na área de pesquisas, foram investidos mais R$ 25 mil, que permitiram a distribuição de publicações técnicas, o desenvolvimento de 13 pesquisas científicas, a elaboração de 16 produções técnicas e o desenvolvimento de quatro grupos de estudos na área da educação especial. (Governo SC)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar