WhatsApp
49 9 9964.1833
Geral, Tecnologia - 07 Ago 2016 09:00

Mania mundial chega ao Brasil e xanxerenses jogam o Pokémon Go

O jogo ficou disponível aos brasileiros para ser baixado na última semana
Por: Redação
Visualizações: 5073
Mania mundial chega ao Brasil e xanxerenses jogam o Pokémon Go O PokéStop existente em Xanxerê por enquanto é a Igreja Matriz, no centro (Fotos: Alessandra Villani/ Tudo Sobre Xanxerê)

“Pokémon Go” é um jogo virtual que utiliza a tecnologia da realidade aumentada, trazendo o jogo o mais próximo possível da realidade de quem está jogando. Através do GPS do celular ele utiliza pontos comerciais, turísticos e monumentos históricos de cada cidade. Os locais podem se transformar em PokéStops e ginásios dentro do jogo. No Brasil, o jogo pode ser baixado na última semana e, entre os xanxerenses, virou sucesso.

Em Xanxerê, como no resto do país, muitas pessoas estavam ansiosas pela chegada do jogo. Logo que seus servidores foram liberados, o App começou a ser instalado. E para aproveitar ao máximo o que o jogo proporciona, foram para as ruas. O exemplo foi Jucinei Belo com seus amigos. Eles identificado o pokestop disponível em Xanxerê, e partiram jogar.

- Logo que baixamos o jogo, saímos à procura dos pokémons. Fomos até a igreja matriz, que é o primeiro PokéStop da cidade, para coletar itens e continuar a procura dos pokemos – conta.

Jucinei e os amigos foram caçar os monstrinhos logo que o jogo ficou disponível (Foto: Divulgação)Jucinei e os amigos foram caçar os monstrinhos logo que o jogo ficou disponível (Foto: Divulgação)

Jogador de Pokémon Go comenta o jogo
Lucas Donatti, um jovem que estava esperando pelo jogo e assim que foi liberado no Brasil instalou em seu celular, diz que o jogo é muito bom.  Ele comenta que o jogo superou suas expectativas. Entretanto, diz que na cidade não tem muitos PokéStops e não tem um ginásio onde os pokémons podem ser treinados, limitando um pouco todas as funções do jogo.

- O jogo é muito bom, bem desenvolvido. Mas, pelo fato de Xanxerê ser uma cidade pequena, por enquanto tem um PokéStop, que é na Igreja Matriz e não tem nenhum ginásio para treinar os pokémons. Toda vez que precisa de algum item, tem que ir até o centro para conseguir pegar gratuitamente – comenta.

Outro jovem que também faz parte dessa onda de jogadores de “Pokémon Go” é o estudante Fabrício Altenhofen. Ele conta que baixou o jogo enquanto estava na faculdade e que percebeu que várias pessoas estavam também caçando pokémons.

- Eu baixei enquanto estava na faculdade, sai no intervalo e comecei a testar. Ai eu vi que tinha muitas pessoas baixando o aplicativo e tinha muita gente em um lugar, que devia ser um checkpoint, muita gente vinha ali e falava em Pokémon. Inclusive eu conheci dois caras que nem estudavam lá e que vieram ali só para caçar Pokémon. Esses caras comentaram que viam famílias pelas ruas procurando os monstrinhos, pessoas nos carros que paravam o carro para capturar pokémons – declarou ele.

Caça aos Pokemons pode ser preocupante
Fabrício comenta que isso pode ser preocupante, porque são muitas pessoas fazendo a mesma coisa, até professores já estão jogando. Se as pessoas não tiverem atenção, acidentes podem acontecer, principalmente no trânsito, tanto com pedestres como com motoristas que jogam enquanto dirigem.

Pokémon Go: saiba mais
Quando os jogadores chegam próximos a localização de algum monstrinho eles são avisados e o App então processa uma imagem virtual dos pokémons sobre o sinal obtido via câmera fotográfica dos aparelhos. Os PokéStops são locais onde os jogadores podem coletar periódica e gratuitamente mais itens para incrementar a caça aos monstrinhos.

As PokéStops são parada obrigatória para reabastecer o seu estoque de pokébolas e incensos – este último atrai mais pokémons para sua localização. Os ginásios são locais onde os treinadores podem treinar e melhorar os seus pokémons. Na vida real os ginásios encontram-se normalmente em monumentos e pontos turísticos.

Os pokémons aparecem aleatoriamente pelo mapa, respeitando um nível de raridade e algumas condições geográficas. Monstrinhos de água, por exemplo, tendem a surgir perto de rios, lagos e mares. A ideia é que você ande por aí para encontrá-los e capturá-los. E para isso, basta arrastar a pokébola que aparece na parte de baixo da tela na direção do pokémon. (Com informações de Globo.com)

Polícia Militar alerta
Através da página oficial na rede social, a Polícia Militar de Santa Catarina faz um alerta aos jogadores.

Alessandra Villani


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar