Polícia Civil deflagra a operação NL2 para apurar fraudes em licitações no Oeste - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Polícia - 06 Abr 2021 11:30

Polícia Civil deflagra a operação NL2 para apurar fraudes em licitações no Oeste

Por: Redação
Visualizações: 602
Polícia Civil deflagra a operação NL2 para apurar fraudes em licitações no Oeste (Fotos: Polícia Civil)

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (6), a operação “NL2” com o objetivo de investigar possíveis fraudes à licitações ocorridas na região Oeste. A investigação é da 5ª Delegacia de Polícia Especializada no Combate à Corrupção (DECOR/PCSC). Segundo a Polícia Civil no total, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça nas cidades de Xanxerê, Águas Frias e Bom Jesus do Oeste.

De acordo com os policiais, a ação faz parte da investigação que visa apurar possíveis fraudes praticadas nos anos de 2019 e 2020 por empresas, quando da participação em pregões públicos para o fornecimento de nitrogênio líquido (NL2) a municípios da região Oeste. O material, posteriormente, era usado em inseminações artificiais de bovinos. A operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Águas Frias, Bom Jesus, DIC Chapecó, Delegacia de Roubos e Furtos de Chapecó, 1ª e 3ª Delegacias de Polícia de Fronteira de Chapecó e 12ª Delegacia Regional de Chapecó.

A Polícia Civil relatou que as investigações prosseguirão visando obter outros elementos que possam ajudar na elucidação dos fatos.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

Por Juliano Arno


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar