WhatsApp
49 9 9964.1833
Eleições, Política - 06 Out 2017 14:14

Pré-candidato Gelson Merisio participa de encontro regional em Xanxerê

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 778
Pré-candidato Gelson Merisio participa de encontro regional em Xanxerê Lideranças políticas se reuniram nessa sexta-feira (6) em encontro regional do PSD (Foto: Aline Tonello/Tudo Sobre Xanxerê)

Presidente do PSD-SC e pré-candidato ao governo de Santa Catarina para as eleições de 2018, Gelson Merisio, esteve em Xanxerê nessa sexta-feira (6) para um encontro regional com lideranças partidárias. Prefeitos e vice-prefeitos, presidentes municipais de partidos, filiados e simpatizantes, além do deputado federal, João Rodrigues se reuniram na sede da Trukan. Merisio, que cumpre agenda no Oeste, também participará da abertura da Efapi, em Chapecó e segue neste sábado (7) para Criciúma, segunda-feira (9) em Joinville, e retorna na próxima semana para eventos na Efapi.

Conforme Merisio, que tem uma boa representativa expressiva no grande Oeste por ser xaxinense, é extremamente importante que o governo do Estado tenha uma visão estratégia de investimento para o Oeste que permita competitividade com as demais regiões.

- Nesses encontros primeiro temos que construímos um conceito regional, mostrando a importância que tem para o futuro dos nossos jovens, para a expectativa e a esperança dos próximos anos continuarmos crescendo próximo das nossas raízes, dos nossos filhos e das nossas famílias. Para isso é extremamente importante que o Governo do Estado tenha para com a região Oeste uma visão estratégica de investimento em infraestrutura e que permitam termos competitividade com o Litoral. Isso é muito mais fácil de ser conseguido com alguém daqui do que torcer para alguém de lá. Por isso mesmo discutir isso que é a mola propulsora para uma candidatura viável ao governo – frisa o pré-candidato.


A transformação
Merisio: “A transformação significa mudarmos um conceito. Temos 23% da nossa arrecadação do Estado, nunca elegemos um governador porque sempre apequenamos o debate a questões pessoais, partidárias, nunca pensando na estrutura da região, visando o futuro e isso temos que mudar agora. Mais do que as simpatias pessoas, do que a preferência partidária, há o desejo dos jovens em crescer com tecnologia, com inovação e o empresário poder competir com quem trabalha e mora no litoral e isso se faz com visão estratégica que é muito mais fácil nós termos do que alguém de lá”.


Inovação
Merisio: “Aproveitar o que o Estado fez de bom até aqui e é muita coisa. Somos o primeiro em mais de 48 indicadores do Brasil, mas também olhar para o futuro e fazer as transformações especialmente no enxugamento da máquina pública, na construção de oportunidades para que o modelo de descentralização regional econômica continue se faz através de mudanças fortes, firmes e com coragem. Isso é transformar e nós vamos fazer olhando para frente e não para trás”.

Estado referência em tecnologia
Merisio: “Santa Catarina investiu muito pesado em polos tecnológicos. Em Blumenau, quando Vilson Kleinübing foi governador transformou a economia de Blumenau com a tecnologia aplicada. Hoje, o setor de inovação de tecnologia em Blumenau arrecada mais impostos que o setor têxtil. O governo investiu quase R$ 1 bilhão no polo tecnológico de Florianópolis. Hoje, esse setor arrecada mais que o setor de turismo com todas as praias que tem o litoral. No Oeste ainda temos uma carência muito grande. Agora, tem em Chapecó um centro de inovação em construção e precisamos, no mínimo, um em cada cidade polo, como Xanxerê, São Lourenço, São Miguel, Pinhalzinho e a partir disso investirmos pesado como foi nessas regiões em inovação e tecnologia que é a linguagem que o jovem entende, é o que ele quer para continuar trabalhando com esperança”.


Exportações de frango
Merisio: “Nossa agroindústria é o esteio da nossa economia e precisamos criar condições para que ela continue forte. A abertura do mercado da Coréia é a última barreira sanitária que o mundo nos impõe. Hoje, a partir desse anúncio, Santa Catarina está apta para exportar para qualquer lugar do mundo. Isso é uma conquista muito forte que tem que ser associada a esse esforço em criarmos novas matrizes econômicas que permitem, especialmente aos jovens, continuar aqui e não indo morar no litoral”.

Projeto político consolidado
Merisio: “Candidato eu serei, ganhar depende da capacidade de trabalho e também da natureza querer isso. Não será por falta de trabalho, disposição e coragem para enfrentar os desafios”.


Coligação com o PSD
Merisio: “PMDB será nosso adversário, porque me parece importante no momento que o país vive poder discutir nas eleições posições claras, convicções, com respeito ao seu tamanho, suas ideias, mas seremos adversários. O PSDB nós estamos mantendo todas as fontes abertas, o diálogo franco, compreendendo que é natural que eles, nesse momento tenham uma candidatura posta, mas com a possibilidade real e concreta de estarmos juntos em 2018. Isso só será definido no final do processo do debate e nós temos que respeitar as etapas e o tempo. Com o PSDB sim poderemos estar juntos. Com o PMDB, não”.

Com colaboração de Alessandra Villani



Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar