WhatsApp
49 9 9964.1833
Chuvas, Comunidade, Obras - 29 Mai 2017 11:46

Prefeitura faz levantamento de prejuízos e cronograma para limpar a cidade

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 641
Prefeitura faz levantamento de prejuízos e cronograma para limpar a cidade (Foto: Alessandra Villani/Tudo Sobre Xanxerê)

Depois da intensa chuva do fim de semana, na qual foram registrados pela Defesa Civil 139mm nas últimas 48 horas, a Secretaria Municipal de Obras, com a equipe da garagem, realiza um trabalho de limpeza no centro e bairros. Um levantamento dos prejuízos também é apurado pela Defesa Civil Municipal e, segundo o diretor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, Edson Zape, possivelmente o município decrete situação de emergência.

Conforme Zape, o trabalho de limpeza da cidade iniciou ainda no domingo (28). Na manhã desta segunda-feira (29), desde as 6 horas, equipes estavam fazendo a limpeza das ruas no centro, em frente a estabelecimentos comerciais, arrumando calçadas danificadas e seguem para os bairros mais atingidos.

- A operação de limpeza iniciou às 6h de hoje pela praça e ruas. No domingo (28) já tinha uma equipe de obras fazendo esse trabalho com máquinas. Acredito que vai hoje e amanhã esse trabalho, porque foram muitos estragos. A equipe da garagem está abrindo valas e bueiros que ficaram entupidos, então estamos resolvendo os problemas por etapa. O prefeito pediu para que levantássemos os dados de quantas casas foram atingidas e fazer um levantamento para chegar a dados reais, juntamente com a Defesa Civil, para ver da possibilidade de decretar situação de emergência – disse o secretário em entrevista a Rádio Princesa.


Pontos de alagamento
Xanxerê foi o terceiro município do Estado que registrou maior acumulo de chuva nas últimas 48 horas. Da zero hora até às 9h desta segunda, foram registrado 23mm. De acordo com Zape, o solo está bastante encharcado, mas o trabalho será contínuo até atender a todas as famílias afetadas.

- Choveu bem acima do esperado e os alagamentos podemos destacar três fatores, o primeiro deles foi muita chuva em poucos minutos. O segundo fator é que a limpeza dos afluentes do rio não ocorre há uns seis anos. E, o que chama muita atenção é a quantidade de lixo, barro, tubulação trancada. Tivemos há um mês fazendo uma limpeza no Bairro Vila União onde tiramos muito lixo, como caixa de som, pedaço de geladeira, pedaço de sofá, tudo isso vai trancando e caindo dentro dos tubos.  No Bairro Colatto tem um afluente e foi tirado de uma quadra 80 caminhões entre barro e lixo – explica.


Estradas do interior
A área rural do município também foi bastante atingida. O trabalho nas estradas vem ocorrendo semanalmente, mas segundo Zape, somente será possível fazer os reparos nessas comunidades quando a chuva dar uma trégua.

- Hoje pela manhã estivemos percorrendo o interior e vimos várias estradas danificadas novamente, então esperamos que o tempo colabore, mas as notícias não são boas, ainda tem muita chuva, mas vamos retomar esses trabalhos no interior. Tivemos estradas que as sangas passaram por cima, tem muito trabalho pra fazer, mas temos que esperar o tempo melhorar – concluiu em entrevista.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar