Professores preparam atividades para retorno das aulas remotas no presídio de Xanxerê - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
CORONAVÍRUS , Educação - 13 Ago 2020 16:23

Professores preparam atividades para retorno das aulas remotas no presídio de Xanxerê

Por: Joimara S. Camilotti
Visualizações: 402

Pinte


Mais de 180 apenados do sistema prisional de Xanxerê devem retomar as atividades educativas na próxima semana. Sem aulas desde o início da pandemia e até mesmo com a possibilidade da não renovação de contrato de professores que atendem este público, a situação foi revertida.

A Portaria nº 193 foi revogada e assim ficou autorizado a retomada da educação básica nas unidades prisionais e socioeducativas de Santa Catarina. No entanto, as atividades retomam seguindo o protocolo da Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) e da Secretaria Estadual de Educação (SED).

Conforme a diretora do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja), Karla Girardini, o retorno das atividades tanto para quem está no ensino fundamental ou médio e no projeto de leitura, vai acontecer de forma não presencial e cada professor precisa preparar as atividades para 30 dias de aula.

- A entrega das atividades vai ser mensal. O professor prepara a aula para o mês, manda para um e-mail do Ceja, para que as atividades possam ser impressas. Tudo será separado por disciplina e com o nome de cada aluno em um saco plástico transparente. Depois, alguém do presídio retira o material no Ceja e devolve após 30 dias, quando novas atividades serão disponibilizadas – conta.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar