WhatsApp
49 9 9964.1833
Publicidade
Comunidade, Meio Ambiente - 14 Ago 2017 15:02

Projeto para ajardinamento de terrenos baldios é analisado pela Prefeitura

Por: Aline Tonello
Visualizações: 534
Projeto para ajardinamento de terrenos baldios é analisado pela Prefeitura (Foto: Arquivo/Tudo Sobre Xanxerê)

Com foco na preservação do meio ambiente e no combate ao Aedes aegypti, o Rotary Club de Xanxerê apresentou um projeto para ajardinamento de terrenos baldios no município. A iniciativa propõe que a entidade realize projetos de jardinagem e doe sementes e mudas para os proprietários de terrenos baldios, que ficam responsáveis pela mão de obra e cuidado. Em contrapartida, a administração municipal ofereceria um desconto no IPTU como incentivo para adesão e permanência do projeto.

A ideia, conforme o presidente do Rotary Club de Xanxerê, Juliano Tonial, surgiu durante um treinamento de presidentes realizado em Dionísio Cerqueira. Na oportunidade foram apresentados cases de sucesso, sendo que o que apresentava sobre a manutenção dos terrenos baldios chamou a atenção da entidade, que decidiu buscar a implantação no município.

- Hoje, a gente tem problemas com a dengue por causa dos terrenos malcuidados, entulhos jogados, tudo contribuindo para a proliferação dos mosquitos. E, também tem a questão estética, de que fica feio para o município. Com esse projeto, os proprietários arcariam com a mão de obra e o município faria um incentivo tributário no IPTU com um índice maior de desconto para aderir ao projeto e estiver cuidando desse terreno – comenta Juliano.

Segundo o presidente, após ser apresentado para a Câmara de Vereadores e a Prefeitura, o projeto passa por desenvolvimento e adequações para um novo encaminhamento. Em caso de aprovação da administração municipal, o incentivo por meio de descontos no IPTU deverá passar por votação na Casa Legislativa.

- A princípio a Câmara está apoiando e o município diz que é viável. A única dificuldade no momento está em definir a forma de fiscalizar isso. A intenção é fazer palestras nas escolas para tentar, de alguma forma, construir essa ideia nas crianças e que elas puxem a orelha dos pais para manterem os terrenos bem cuidados e, com esse trabalho didático, elas também poderiam ser as fiscalizadoras. Além disso, podem ser feitos mutirões passando nos bairros, fotografando os terrenos que aderiram e encaminhando o material para o município, que tomaria as providências em caso de descumprimento. Porque não adianta as pessoas fazerem, receber o benefício e não cuidarem. Nós queremos que seja um processo contínuo – finaliza Juliano.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar