Rainha da Melhor Idade da ExpoFemi 2020: conheça a candidata Loiri - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
Comunidade, Eventos, EXPO FEMI, Geral, Social - 31 Out 2019 11:59

Rainha da Melhor Idade da ExpoFemi 2020: conheça a candidata Loiri

Por: Aline Tonello
Visualizações: 1555

O concurso para a escolha da Rainha da Melhor Idade da ExpoFemi 2020 é uma novidade desta edição. A rainha e a princesa escolhidas também irão ajudar na divulgação da festa e do município durante a feira – que ocorre de 1º a 10 de maio - e nos dois anos que a sucedem, uma missão muito importante para a qual 12 mulheres se colocaram à disposição. A escolha ocorre no dia 23 de novembro e, até lá, o Tudo Sobre Xanxerê vai apresentar as candidatas. A terceira entrevistada é a dona Loiri Cossa Fazzioni, de 66 anos.

(Foto: Tudo Sobre Xanxerê)(Foto: Tudo Sobre Xanxerê)

Quem vê a dona Loiri toda contente se surpreende quando ela conta alguns dos momentos difíceis pelos quais já passou na vida. Ela nasceu no interior de Ipumirim, aos três anos perdeu o pai e a mãe teve que se virar na roça com nove filhos. Quando tinha 14 anos a família se mudou para Concórdia e foi lá que ela conheceu o primeiro marido. Casou aos 18 e veio para Xanxerê na mesma noite para começar uma vida aqui. O esposo faleceu repentinamente quando iam completar 25 anos de casados e ela teve que se virar com os três filhos – e conseguiu. Hoje ela se diz uma mulher feliz e realizada, curte os filhos, os netos, o bisneto e o novo companheiro, e esbanja vitalidade por aí.

Quando veio para Xanxerê, a primeira parada foi em uma pensão. Imediatamente ela e o marido começaram a trabalhar e a constituir a família. Em determinada época, o marido tinha um escritório de representações de roupas de São Paulo junto com um sócio e ela foi trabalhar com ele. Conta que certo dia o sócio abandonou o negócio e deixou o casal sozinho para arcar com as dívidas e o marido entrou em depressão. Para dar a volta por cima, ela começou a buscar roupas em SP e revender aqui. Depois de se reerguerem, começaram a plantar na chácara e quando estavam prestes a entregar a mercadoria e quitar um financiamento, um temporal passou e levou tudo.

- De novo ele ficou mal, mas depois se reergueu. Eu continuei vendendo roupas e ele se tornou representante de erva mate e continuou com a chácara também. Então há 22 anos, no dia 26 de dezembro, ele passou mal na chácara, a pressão dele ficou alta e ela ficou bem ruim. Levamos para o hospital e ele não sabia que tinha diabetes, tomou um soro com glicose e piorou. Foi para a UTI e morreu no dia 27, foi como se a gente perdesse ele num acidente. Aí fiquei viúva, cheia de dívidas, com os filhos para criar, o INSS me negando a pensão dele, foi um sufoco – conta.

Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

(Fotos: Arquivo Pessoal)(Fotos: Arquivo Pessoal)

Foram muitos anos de perrengue até que ela conseguisse se estabilizar. O que trouxe a folga financeira foi, finalmente, conseguir receber a pensão do marido, o que veio somente há sete anos. Agora ela é aposentada, fez um “pé de meia”, como diz, mas continua como representante comercial de erva mate. Atualmente mora no Bairro Veneza com o novo companheiro, que conheceu em uma festa no Barro Preto há três anos. Aproveita o tempo com os filhos, netos e bisneto e participa do grupo da terceira idade do Centro de Convivência Conviver.

- Como eu fui rainha da terceira idade do carnaval do Clube Sete neste ano, a coordenadora do Centro de Convivência me chamou e disse para me inscrever para rainha da Femi. Eu não queria porque não sei falar direito, mas aí o seu Avelino [prefeito] disse que eu devia ir e que era só eu falar com o coração que dava tudo certo. Falei pro meu marido a ideia, ele gostou, aí me inscrevi. Meus filhos disseram que vão torcer e eu vou me preparar tanto para ganhar quanto para perder. Se eu ganhar, vai ser muito bom representar toda a terceira idade de Xanxerê na feira – finaliza.

 


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar