Rede de proteção e canais de denúncia são intensificados para evitar violência contra mulheres - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
CORONAVÍRUS , Polícia - 25 Mar 2020 08:37

Rede de proteção e canais de denúncia são intensificados para evitar violência contra mulheres

Por: Francieli Corrêa
Visualizações: 130

Atenta à experiência de outros países e de especialistas, a Polícia Civil intensificou os canais de alerta e proteção na rede de atendimento para evitar a violência contra a mulher em período de isolamento em função da Covid-19.

- Durante o isolamento social, com o aumento da convivência, pode se elevar o nível de tensão e discussão entre o casal, gerando os casos de violência contra a mulher. Por isso reforçamos a importância das denúncias - afirma a coordenadora das Delegacias de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMIs), delegada Patrícia Zimmermann D’Ávila.

Ela destaca que organismos internacionais chamam a atenção para essa possibilidade do crescimento dos casos. Em Santa Catarina, a Polícia Civil está acompanhando com cuidado redobrado os casos pelas DPCAMIs e as situações de descumprimentos de medidas protetivas estão sendo checadas.

- Em situações de risco, o caminho feito será o pedido de prisão preventiva - ressalta, lembrando que há ações em conjunto com o Judiciário e o Ministério Público de Santa Catarina.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

Como denunciar:
Delegacia mais próxima
Disque 181
Disque 100
Delegacia Virtual: www.pc.sc.gov.br
WhatsApp (48) 98844-0011.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar