WhatsApp
49 9 9964.1833
Negócios - 08 Set 2017 11:10

Santa Catarina segue com crescimento nas exportações de carnes

Por: Carol Debiasi
Visualizações: 86
Santa Catarina segue com crescimento nas exportações de carnes (Foto: Nutrição Brasil)

Exportações catarinenses de carnes seguem em alta e o acumulado do ano já supera o mesmo período de 2016. De janeiro a agosto, o faturamento com as exportações de carne suína e de frango já ultrapassa US$ 1,6 bilhão, com mais de 843,6 mil toneladas vendidas para outros países. As expectativas são de que o setor continue em crescimento após anúncio de que a China deve aumentar as compras de carnes do Brasil.

O mês de agosto termina com resultados favoráveis para as exportações de Santa Catarina, com crescimento nos embarques de carne suína e de frango. Ao todo, foram 96,7 mil toneladas de carne de frango exportadas - um aumento de 17% em relação a julho - e o faturamento chegou a US$ 175,2 milhões - 14,7% maior do que no último mês.

Se comparado a agosto de 2016, o incremento nas exportações de frango é ainda maior. O faturamento foi 18,5% maior e a quantidade foi 22% superior aos números registrados naquele mês.

As exportações de carne suína também trazem boas notícias. Em agosto foram 28,6 mil toneladas embarcadas - 11,2% a mais do que em julho - e o faturamento passou dos US$ 66 milhões – 3,6% superior ao faturamento do último mês. Em comparação com agosto de 2016, as exportações tiveram um crescimento de 26,9% no faturamento e 14,5% na quantidade embarcada.

A intenção de Santa Catarina é aumentar ainda mais esses números.  O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, explica que o anúncio de que a China quer ampliar a compra de carnes do Brasil pode ser uma boa notícia para o agronegócio catarinense.

- A China já é o segundo maior comprador de carnes de Santa Catarina e nós podemos aumentar nossa presença naquele mercado. A carne produzida em Santa Catarina tem um grande diferencial: a qualidade dos nossos rebanhos. Somos reconhecidos internacionalmente como área livre de febre aftosa sem vacinação o que dá muita credibilidade para o produto catarinense – ressalta, por meio da assessoria.


Acumulado do ano
De janeiro a agosto de 2017, já foram embarcadas mais de 652,5 mil toneladas de carne de frango, gerando uma receita de US$ 1,2 bilhão - faturamento 8,6% superior ao mesmo período do último ano.

Para carne suína, o ano de 2017 está sendo de crescimento constante nas vendas. Desde janeiro, Santa Catarina exportou 191 mil toneladas, arrecadando mais de US$ 451,5 milhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o incremento foi de 33,8% na receita e de 6,7% na quantidade.

Os números foram divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri).


Tradição no agronegócio
Com forte tradição na pecuária, Santa Catarina é berço das principais empresas do setor de carnes do Brasil. O estado conta com 18 mil produtores integrados às agroindústrias e o setor de carnes gera quase 60 mil empregos diretos em frigoríficos e indústrias de beneficiamento. Como maior produtor nacional de carne suína e o segundo maior de carne de frango, Santa Catarina atende o mercado brasileiro e o exterior, com presença em mais de 120 países. (MB Comunicação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar