Serviço de psicologia atendeu mais de 700 xanxerenses desde o início da pandemia - Notícias - Tudo Sobre Xanxerê
WhatsApp
49 9 9920.1584
CORONAVÍRUS , Comunidade - 10 Ago 2020 16:31

Serviço de psicologia atendeu mais de 700 xanxerenses desde o início da pandemia

Por: Joimara S. Camilotti
Visualizações: 250

Pinte


A quarentena ocasionada pela pandemia do coronavírus mudou todo o cenário ao qual os xanxerenses estavam habituados. Do simples fato de lavar bem as mãos, passou-se a usar máscara para tudo e ter o livre acesso de sair de casa restrito, para tentar conter a disseminação do vírus. Além do novo ambiente, ainda tem que conviver diariamente com o risco de ficar doente, de não ter um leito de hospital, ficar isolado da família e ir a óbito. Tudo isso, mexeu não só com a parte física das pessoas, mas com o emocional.

Desde o início da pandemia, a administração municipal de Xanxerê passou a oferecer atendimentos pelo serviço de psicologia da Secretaria de Saúde. O objetivo é atender as pessoas remotamente e pessoalmente, quando necessário. Do mês de março até recentemente, o serviço já atendeu em torno de 700 pessoas. Só de 23 de março a 7 de abril, foram realizados 100 atendimentos de forma remota.

Os pacientes buscam o atendimento de duas formas; espontânea, após notarem sintomas de ansiedade ou depressivos decorrentes do momento; ou quando a equipe que faz o atendimento via 0800 percebe os sinais de ansiedade e os encaminha para o atendimento psicológico via telefone até que o período de isolamento encerre, nos casos ativos, e após são agendados os atendimentos presenciais, caso seja necessário.

Conforme relato da equipe, as principais queixas dos pacientes é o sofrimento decorrente da vida profissional/financeira, privação da vida social ou mesmo o isolamento social, como no caso de muitos idosos, que tinham uma vida ativa antes da pandemia. Outra queixa se refere ao medo da contaminação pelo vírus, pelo próprio paciente ou pelo medo de perder entes queridos. O público que mais tem procurado ou é encaminhado é adulto/jovem e, na maioria dos casos, do sexo feminino.

O Serviço de Psicologia tem atendido uma média de dois pacientes novos por dia, porém o número varia toda semana. Neste momento os atendimentos estão sendo realizados na ESF do Bairro dos Esportes, com três profissionais que fazem os atendimentos de urgência, como os relacionados com a pandemia e também nos atendimentos dos pacientes que já aguardavam em lista de espera, com encaminhamentos médicos prévios.

(foto: Agência Saúde)

Os profissionais que atuam no serviço orientam para que o paciente se mantenha ocupado, tente criar uma rotina diária, mesmo que esteja afastado de sua atividade laboral, que envolva o autocuidado e cuidados com alimentação e com o sono, prática de leitura, atividades manuais, atividade física, sempre levando em conta as possibilidades de cada um, seja um alongamento ou exercícios mais leves.

A equipe ainda frisa, que a meditação também é uma técnica que pode ser utilizada nos momentos de ansiedade, com um olhar especial para a respiração, que no dia a dia nos passa despercebida, mas que em crises de ansiedade é um dos principais sintomas que aparece, a dificuldade em respirar, ou respiração acelerada. Outra orientação é que se diminua o acesso à noticiários, pois também é grande causador de ansiedade. Nos casos mais pontuais, relacionados à pandemia, com a psicoterapia breve, os profissionais observam um bom resultado, não havendo necessidade de outros encaminhamentos, na maioria dos casos.


> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar