WhatsApp
49 9 9964.1833
Comunidade, Saúde - 08 Set 2017 16:17

Suicídio: “conscientização é a melhor forma de evitá-lo” afirma psicóloga

Por: Alessandra Villani
Visualizações: 300
Suicídio: “conscientização é a melhor forma de evitá-lo” afirma psicóloga (Fotos: Alessandra Villani/Tudo Sobre Xanxerê)

Na tarde desta sexta-feira (8), os serviços de psicologia e serviço social do Hospital Regional São Paulo, em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV) que cedeu o material de divulgação e acadêmicos do curso de psicologia da Unoesc realizaram uma panfletagem no centro para conscientização sobre suicídio. A ação foi realizada em alusão ao Setembro Amarelo, mês voltado à conscientização e prevenção do suicídio.A panfletagem aconteceu nas ruas Olavo Bilac e Coronel Passos Maia, no centro.

Uma das psicólogas do HRSP, Thais Cristina Delazeri explica que o principal objetivo da ação é conscientizar a população sobre o suicídio, que está presente também na realidade da região Oeste.

- Hoje a ideia é levar para a população informações referentes à prevenção ao suicídio. O Setembro Amarelo é uma campanha nacional que visa conscientizar as pessoas sobre a importância de falar e prevenir o suicídio. O suicídio é uma realidade, ele acontece, mas sabemos que a grande maioria dos casos poderia ser evitada se as pessoas procurassem a ajuda necessária ou tivessem sido acolhidas da maneira correta antes de buscar o suicídio como solução. Sabemos que aqui na nossa região tem um grande número de tentativas de suicídio, é uma realidade. A ideia hoje é de levar um pouco das informações para a população de uma maneira geral saber da importância do setembro amarelo, como ele acontece. – explica.

Thais comenta que esse é o primeiro ano que ação acontece e que no próximo dia 27 de setembro, acontecerá um fórum no HRSP sobre saúde mental para que o assunto seja discutido por profissionais da saúde. Ela explica que há muitos tabus a serem quebrados sobre o assunto.

- Existem ainda muitas ideias, crenças, mitos em relação ao suicídio que precisamos desmistificar. Uma delas é a ideia de que a gente não deve falar sobre esse assunto, que é muito o contrário. Devemos falar conscientizar as pessoas que isso é uma realidade, mas que existem soluções para ela que não o suicídio.

Como forma de auxiliar as pessoas que tem esse pensamento de acabar com a própria vida, o CVV possui um número, o 141. Através desse número a pessoa pode conversar com um profissional preparado para lidar com essa demanda. Além disso, o HRSP também oferece atendimento psicológico e encaminha para um acompanhamento todas as pessoas que chegam lá apresentando casos de sofrimento e tentativa de suicídio.

- O mais importante é conscientizarmos as pessoas de que se elas estão em sofrimento existem sempre alternativas, soluções para esse sofrimento que não dar fim a própria vida. Precisamos conscientizar essas pessoas que estão em sofrimento a buscar ajuda. E, quem for receber um pedido de ajuda, o mais importante é não julgar, não criticar a pessoa que está em sofrimento. Em primeiro lugar ouvir, sem críticas e ajudar aquela pessoa a buscar ajuda profissional – finaliza a psicóloga.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar