WhatsApp
49 9 9964.1833
Comunidade, Turismo - 12 Set 2017 07:44

Xanxerê entrará para o Mapa do Turismo ainda este ano

Exigências burocráticas do Ministério do Turismo devem ser concluídas até o fim do ano
Por: Carol Debiasi
Visualizações: 1214
Xanxerê entrará para o Mapa do Turismo ainda este ano (Foto: ARQUIVO/Tudo Sobre Xanxerê)

O Departamento de Turismo da Prefeitura de Xanxerê busca se enquadrar no Mapa do Turismo. Sãos mais de 30 critérios bastante burocráticos na qual o município já cumpriu 11 deles. O trabalho iniciou ainda no mês de abril, coordenado por Elisiane Silveira, e tem até o fim deste ano para completar as exigências. Apesar da papelada que deve ser finalizada, Xanxerê entrará na rota do turismo no mês de outubro, que é quando o Ministério do Turismo atualiza os municípios que finalizaram o processo ou estão em fase de conclusão.

Por enquanto, no Mapa do Turismo de 2016 a região Oeste é representada pelos munícipios de Abelardo Luz, Chapecó, Passos Maia e São Lourenço. Conforme Elisiane, o departamento de turismo vem cumprindo com os critérios que, dentre eles, está catalogar os hotéis da cidade, os locais de possíveis atrações para visitantes e, ainda, a criação de um órgão responsável para esse setor.

- O Ministério do Turismo nos orientou para o que deveria ser feito e, o que se pensou que seria fácil, na verdade é muito burocrático. A primeira parte dos requisitos foi cumprida, que é ter um órgão responsável, uma secretaria e dentro dessa secretaria uma fundação, uma coordenadoria, um departamento, uma diretoria e uma gerência. A solicitação é que tenha um órgão específico de turismo, nós não temos, mas como eu sou suplente do Conselho Estadual, foi possível defender de que Xanxerê estava em tramitação para formação de um departamento específico. O Ministério do Turismo aceitou com algumas ressalvas e Xanxerê vai estar no Mapa Brasileiro, mas precisa cumprir com todos os critérios – explica.


Dentre as ações cumpridas estão:
- Existência de Colegiado Municipal de Turismo (Fórum ou Conselho ativo) / instância de Governança Regional;
- Existência de Fundo Municipal para o Turismo;
- Participação ativa de representante municipal na instância de Governança Regional;
- Existência de diagnóstico da oferta turística;
- Existência de projeto/ação do Plano Municipal executado ou em execução;
- Percentual de prestadores de serviços cadastrados (Cadastur X RAIS);
- Existência de produto (s) associado (s) à atividade turística;
- Existência de programas/ações de fomento ao empreendedorismo turístico local;
- Existência de um banco de imagem com fotos e/ou vídeos atualizados dos principais atrativos do município;
- Existência de site atualizado com informações turísticas do município;
- Existência de material promocional do município;
- Existência de monitoramento da ocupação hoteleira do município;


Busca por qualificação “C”
No mapa, Xanxerê busca uma qualificação nota “C”, que é intermediária. São cinco classificações, que vão de “A” a “E”, da maior a menor destinação de recursos. Na região, Chapecó está classificada com letra B, com certificação internacional para eventos, fator que Xanxerê também busca.

Elisiane explica que o fato de implantar Xanxerê na rota envolve a participação de toda comunidade, empresas, comércios, escolas. É uma ação em conjunta, pois o turismo engloba não só o ponto turístico, mas todo o entorno dele, desde a maneira de recepção das pessoas, identificação de restaurantes, hotéis, credenciamento de acampamentos, instrução nas escolas, etc.

- As pessoas precisam pensar a cidade como sendo turística e agir como tal - frisa.

Dentre as exigências que ainda precisam ser concluídas está o cadastramento dos prestadores de serviço, que devem estar cadastrados no Cadastur, que obriga regularização para acampamento turístico, agências de turismo, parque temático, que na cidade não é executado ainda.

Dois guias de turismo também são exigidos, Elisiane é um deles, mas outro precisa ser capacitado até o fim do ano. Organizadores de eventos, meios de hospedagem (todos os hotéis) e transportadoras turísticas, além de transportadores, todos precisam estar cadastrados para gerar um guia completo da cidade. Para dar mais agilidade, os cadastros foram firmados uma parceria com CDL e Acix para identificação das empresas.

Entre os pontos turísticos que devem ser criados está a Cachaçaria Refazenda na qual a Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL) já aprovou e validou como case de sucesso. A empresa, que já entrou para a Rota Nacional da Cachaça, se enquadra no diagnóstico da oferta turística do interior, foi classificada como segunda melhor cachaça do Brasil.

Outro ponto que deve ser incluído à rota é o sítio da Nega Véia, onde podem ser exploradas a natureza e piscinas naturais. Um paradouro também está nos projetos, para atender a exigência de um centro de atendimento ao turismo. O local estudado é a casa do milho no Parque da Femi. O local serviria como ponto de parada, já que mais de 300 mil turistas passam pela BR-282 em frente à Femi, durante o ano. O ponto está no meio da rota entre a Argentina e Litoral.


Projeto em tramitação
Segundo Elisiane, neste momento, o projeto que será defendido junto à Câmara de Vereadores é a união da Secretaria de Educação e Turismo, ponto que deve ser cumprido até dezembro, juntamente com a execução dos demais itens para que a cidade não saia da rota.

- É mais fácil remanejar na Educação. Tentamos unir com a Cultura, mas não foi aprovado e agora para não criar outro cargo, pretendemos unir com a secretaria de Educação. Até dezembro precisa cumprir com tudo que está aqui. O termo foi assinado, a dotação orçamentária foi destinada e o departamento precisa ser criado, pois é uma solicitação do Ministério – finaliza.

Com colaboração Nileiza Durand


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar