WhatsApp
49 9 9964.1833
Saúde - 19 Jan 2019 07:10

Xanxerê segue na lista dos municípios infestados pelo mosquito Aedes aegypti

Por: Francieli Corrêa
Visualizações: 215
Xanxerê segue na lista dos municípios infestados pelo mosquito Aedes aegypti (Foto Arquivo/TSX)

De acordo com o primeiro boletim sobre a situação da vigilância entomológica do Aedes aegypti e a situação epidemiológica de dengue, febre de chikungunya e zika vírus, divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC), Xanxerê é um dos 76 municípios considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti. Os dados são de 30 de dezembro de 2018 a 12 de janeiro de 2019.

Nesse período foram identificados 727 focos do mosquito, em 75 municípios. Comparado ao mesmo período de 2018, quando foram identificados 566 focos em 65 municípios, houve um aumento de 28,4%, de acordo com o relatório da Dive.

Em relação à situação entomológica, até segunda semana de 2019, são 76 municípios considerados infestados, o que representa um incremento de 20,6% em relação ao mesmo período de 2018, que registrou 63 municípios nessa condição. 

A definição de infestação é realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.

Orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti:
• Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usá-los, coloque areia até a borda;
• guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
• Mantenha lixeiras tampadas;
• Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
• Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
• Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
• Mantenha ralos fechados e desentupidos;
• Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
• Retire a água acumulada em lajes;
• Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em banheiros pouco usados;
• Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
• Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue;
• Denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde;
• Caso apresente sintomas de dengue, chikungunya ou zika vírus, procure uma unidade de saúde para o atendimento.

*Com informações da Dive/SC


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Xanxerê.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar